Tamanho do texto

Foram muitos os casos de esportivas envolvidos em casos de estupro, sendo que alguns acabaram sendo julgados e considerados culpados

Neste final de semana, uma bomba caiu no mundo esportivo com a informação de que  Neymar estava sendo acusado de estupro por uma mulher que o visitou em Paris no último mês de maio. O jogador brasileiro é mais um dos atletas que foram acusados de crime sexual.

Leia mais sobre o caso Neymar:

Confira abaixo quais são os atletas de diferentes esportes que já foram acusados de estupro, muitos sem qualquer prova. Outros acabaram sendo condenados.

Neymar

Neymar
Divulgação
Neymar

Uma moça foi à Paris com passagem e hospedagem pagas pelo jogador e, segundo ela, acabou sendo estuprada pelo jogador brasileiro. Neymar chegou a revelar a conversa entre ambos nas redes sociais, mas a suposta vítima também entregou um dossiê comprometedor às autoridades .

Mike Tyson

Mike Tyson
Divulgação
Mike Tyson

Em 1991, o então boxeador Mike Tyson conheceu Desiree Washington, modelo que concorria ao prêmio Miss Black América. Eles tiveram um envolvimento e, num quarto de hotel, ele a estuprou - tanto que foi condenado a 6 anos de prisão. Tyson cumpriu metade da pena por causa do bom comportamento, sendo solto em 1995.

Robinho

Atacante Robinho com as mãos na cabeça
Twitter/Reprodução
Atacante Robinho

Em 2017, a 9ª seção do Tribunal de Milão  condenou o atacante Robinho a 9 anos de prisão por "violência sexual em grupo" contra uma jovem albanesa de 22 anos de idade, em uma boate da cidade italiana. O caso ocorreu em 2013 e o atacante brasileiro não pode pisar em solo italiano, senão acaba preso.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo
Reprodução
Cristiano Ronaldo

O astro da Juventus teve seu nome ligado a dois casos de estupro. Em 2005, uma moça inglesa acusou CR7 de ter abusado em um hotel de luxo em Londres. Como não houve provas suficientes, o caso foi encerrado.

Já em relação ao suposto estupro da ex-modelo Kathryn Mayorga , o caso ainda está em andamento. Ela denunciou Cristiano Ronaldo por um caso ocorrido em 2009, na cidade de Las Vegas. Na época foi pago uma quantia em dinheiro para ela não levar a caso a público, mas o assunto veio à tona em março de 2018.

Cuca

Cuca
Site oficial
Cuca

Atualmente treinador, Cuca foi acusado de estupro coletivo a uma adolescente de 14 anos em Berna, na Suíça, quando era jogador do Grêmio. Na época, o ato teria acontecido com outros três colegas de time: Eduardo, Henrique e Fernando. Eles ficaram presos por quase um mês e foram condenados pela Justiça suíça, mas não foram presos novamente.

Mancini

Mancini
Gazeta Press
Mancini

Lembra dele?  O ex-jogador do Atlético-MG chegou a ser condenado a quase três anos de prisão pela Justiça italiana por ter estuprado uma mulher que conheceu em uma festa dada por Ronaldinho, na Itália, em 2003 - ele nunca chegou a ser preso. O ex-atleta nega até hoje e se disse vítima extorsão.

Brandão

Brandão ao lado da mãe para prestar depoimento
Reuters/Charles Platiau
Brandão ao lado da mãe para prestar depoimento

No Brasil, o atacante jogou por Cruzeiro, Grêmio e São Caetano, mas foi quando atuava na França que Brandão foi acusado de estupro . Em 2011, uma jovem de 24 anos denunciou o crime, mas o juiz alegou incoerências e contradições no caso, retirando a acusação.

Marcelinho Paraíba

Marcelinho Paraíba
Site oficial
Marcelinho Paraíba

O ex-jogador de São Paulo, Grêmio, Flamengo e Coritiba, entre outros, foi detido após uma tentativa de estupro durante uma festa . O ano era 2011. A mulher alegou ferimentos no lábio, Marcelinho foi indiciado, mas pagou fiança e foi liberado.

Valdiram

Valdiram se destacou pelo Vasco
Arquivo iG Esporte
Valdiram se destacou pelo Vasco

Morto neste ano de 2019, o ex-atacante ficou marcado pelos casos de estupro. Em 2003 e 2004 ele foi acusado por duas mulheres e acabou sendo preso. As drogas também atrapalharam a vida do ex-jogador.

Danilinho

Danilinho na época de Atlético-MG
Divulgação
Danilinho na época de Atlético-MG

O atacante, quando atuava pelo Tigres, do México, foi acusado de ter estuprado uma menor de idade chamada de Debanhi Zuazua. O caso ocorreu em 2013 e a suposta vítima retirou a denuncia alegando ameaça de morte. O atleta se livrou de ir preso.

Jóbson

Jobson foi preso por estuprar quatro adolescentes
Reprodução
Jobson foi preso por estuprar quatro adolescentes

São muitas as polêmicas na carreira do jogador, incluindo drogas e brigas. Mas a denúncia mais grave foi um caso de estupro de vulneráveis. Jóbson teria abusado de garotas menores de idade, no qual as meninas alegam que foram embriagadas e depois abusadas. Ele chegou a ser preso em junho de 2016, mas foi solto ao pagar fiança em setembro do mesmo ano.

Loic Remy

Loic Remy
Reprodução/Twitter
Loic Remy

O atacante francês foi acusado de violentar sexualmente de uma mulher de 34 anos quando defendia o QPR, da Inglaterra. Ele foi preso pela acusação, mas pagou fiança e foi liberado.

Steve Marlet

Francês Steve Marlet
Reprodução
Francês Steve Marlet

Em 2018, o ex-jogador francês foi acusado por um suposto estupro cometido no ano de 1997 quando defendia o Auxerre. Ele e outros dois homens teriam abusado de uma garota de 17 anos na época, O caso segue sendo investigado.

Ched Evans

Ched Evans
Reprodução
Ched Evans

O inglês Ched Evans foi condenado pela Justiça em 2012 após abusar sexualmente de uma mulher de 19 anos. Ele estava na companhia do amigo Clayton McDonald, também jogador, e ambos os atletas admitiram que fizeram sexo com a jovem, mas que o ato foi consensual. Ele foi punido e ficou 21 meses na cadeia até sair por bom comportamento.

    Leia tudo sobre: futebol