Tamanho do texto

Jogador foi acusado de estupro e usou as redes sociais para se defender e expor conversar íntimas que teve com a vítima

neymar
Reprodução/Instagram
Neymar publicou vídeo se defendendo de acusação de estupro e expondo conversa com vítima

Após ser  acusado de estupro por uma brasileira, Neymar usou as redes sociais para se defender e,  como o pai já havia dito  em entrevista, mostrou prints das conversas com a vítima pelo WhatsApp.

Em um vídeo de sete minutos, Neymar comenta a acusação, chama o ocorrido de “tentativa de extorsão” e diz estar muito chateado com a situação: “Estou sendo acusado de estupro . (...) Fui pego de surpresa, foi muito ruim e muito triste escutar isso por que quem me conhece sabe do meu caráter e da minha índole, sabe que jamais faria uma coisa desse tipo”, começou o jogador.

Ele diz que decidiu fazer o vídeo para “dar a cara a bater” e nega as acusações: “O que aconteceu foi totalmente ao contrário do que falam, do que dizem. Estou muito chateado nesse momento, mas a partir de agora vou expor tudo”. Ele continua explicando que o que aconteceu entre os dois quando se encontraram foi “uma relação entre homem e mulher dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo casal”.

“Espero que fique bem claro. Espero que a justiça olhe as mensagens e veja o que realmente aconteceu. É com muita tristeza e com dor no coração que faço esse vídeo”, concluiu o jogador, antes de mostrar as conversas.

Os prints mostram que eles estavam em contato há algum tempo antes da mulher ir para Paris e ainda expõe imagens e conversas íntimas dos dois. 

Leia também: Após deixar atividade mancando, Neymar se recupera e volta a treinar

De acordo com a vítima, que não teve o nome divulgado, ela viajou a Paris a convite de Neymar e foi lá que o estupro ocorreu, no dia 15 de maio. Alegando medo de registrar o  boletim de ocorrência na França, a mulher prestou queixa na delegacia especializada de São Paulo na última sexta-feira (31).