Tamanho do texto

Enquanto Tite e Edu Gaspar estavam em coletiva, viatura da delegacia de crimes virtuais visitou a Granja Comary

Neymar
Divulgação
Polícia intima Neymar à depor sobre crimes virtuais.

Uma viatura da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática foi até a Granja Comary nesta segunda-feira (03) para entregar uma intimação à Neymar. O camisa 10 foi intimado à prestar depoimento na próxima sexta-feira (07). Entretanto, como a delegação da seleção brasileira estará em Porto Alegra para amistoso contra Honduras, a CBF pediu o adiamento do depoimento.

A viatura da polícia ficou na Granja Comary por cerca de 45 minutos, deixando o local apenas após Neymar assinar a intimação . A visita ocorreu enquanto Tite e Edu Gaspar davam entrevista coletiva comentando o caso.  A seleção voltará a treinar na tarde dessa segunda, com portões fechados.

Tite e Neymar
CBF/Divulgação
Ao comentar acusações de estupro contra o camisa 10, Tite disse que não pode julgar Neymar.

O celular do camisa 10 será periciado pela polícia, já que ele mostrou o nome e imagens íntimas da mulher que o acusa de estupro. Durante a coletiva, Tite disse que não pode julgar Neymar. Já Edu Gaspar disse que procurou a assessoria jurídica da CBF para coloca-lá à disposição do atacante da seleção.

Leia também: Neymar, Robinho, CR7, Cuca, Mike Tyson... confira atletas acusados de estupro

A seleção viaja nesta terça-feira para Brasília, onde disputará o amistoso contra o Qatar. No dia seguinte, o grupo embarca para Porto Alegre, onde, no domigo enfrentará a seleção de Honduras. Neymar está cotado para participar dos dois jogos, mesmo tendo tido problemas físicos na semana passada. 

Na última sexta-feira (31), Neymar foi acusado de estupro por uma mulher. A vítima registrou um boletim de ocorrência na 6ª delegacia de defesa da mulher em São Paulo. O crime teria acontecido no dia 15 de maio, em Paris. 

    Leia tudo sobre: Futebol