Tamanho do texto

O técnico afirmou em 2010 que Neymar viraria um monstro se não fosse educado. Muitas polêmicas depois, podemos dizer que o monstro foi criado?

Neymar desce arquibancada
L'Equipe / Reprodução
Neymar tem sido cada vez mais criticado por suas atitudes

Em 2010, quando treinava o Atlético-GO, Renê Simões fez uma profecia sobre o futuro do então garoto Neymar, que ainda surgia no futebol quando discutiu com o treinador do Santos, Dorival Júnior, em episódio que culminou na demissão do técnico.

"Poucas vezes vi alguém tão mal-educado desportivamente. Sempre trabalhei com jovens e nunca vi nada assim. Está na hora de alguém educar esse rapaz, ou vamos criar um monstro.  Estamos criando um monstro  no futebol brasileiro", disse o treinador sobre  Neymar .

Leia também: O monstro foi criado! Após profetizar sobre Neymar, Renê Simões lamenta polêmica

Quase dez anos depois, o atacante do PSG e da seleção brasileira acumulou polêmicas em sua carreira, em uma das mais recentes, agrediu um torcedor rival.  Para muitos, aquelas palavras ditas por Renê Simões se concretizaram e o craque brasileirou realmentre virou um " monstro ".

Confira a lista do iG Esporte com as principais polêmicas da carreira de Neymar:

Briga com Dorival

Neymar e Dorival Júnior
Getty Images
Neymar xingou Dorival Júnior durante partida do Santos no Brasileirão de 2010 por ter sido proibido pelo treinador de bater um pênalti

Em 2010, quando ainda dava seus primeiros passos na carreira como jogador de futebol, Neymar ficou irritado quando Dorival Júnior , técnico do Santos na época, pediu para outro jogador (Marcel) bater um pênalti na partida contra o Atlético-GO, e xingou o comandante.

Na sequência, Dorival devolveu o xingamento: "Moleque do cara***", esbravejou o treinador, que prometeu punição ao atacante após a partida, o que não se concretizou, já que poucos dias depois o técnico foi demitido pela diretoria do Santos.

Ofensas contra juiz

Sandro Meira Ricci durante a partida da Copa do Mundo
FRANCK FIFE / AFP
Sandro Meira Ricci durante a partida entre França e Dinamarca na Copa do Mundo

Também em 2010, Neymar se envolveu em uma polêmica com o árbitro Sandro Meira Ricci . Insatisfeito com a atuação do juiz na derrota do Santos para o Vitória no Brasileirão, o jogador, que não atuou na partida, usou as redes sociais para ofendê-lo: "juiz ladrão, vai sair de camburão", escreveu o atacante.

Após a repercussão, a assessoria do craque alegou que um amigo do jogador, que tinha acesso ao seu Twitter, que publicou a mensagem. A justificativa não adiantou, e em 2011 Neymar precisou pagar R$ 15 mil de indenização ao árbitro.

Leia também: Santos é informado que Neymar pode ser vendido ao Real e torce por negócio

Cabeçada em zagueiro

Na partida entre Brasil e Colômbia , pela Copa América de 2015, Neymar conseguiu ser expulso após o apito final do árbitro. Depois de chutar uma bola no rosto do lateral Armero, o brasileiro foi cobrado pelos colombianos e deu uma leve cabeçada no zagueiro Murillo , o que resultou na sua expulsão.


Por que não posso ir para a balada?

Neymar em entrevista coletiva
Pedro Martins / MoWA Press
Neymar em entrevista coletiva

Já em 2016, Neymar teve seu comprometimento com a seleção brasileira questionado por um repórter durante as Olimpíadas e se irritou bastante, mas afirmou que não abriria mão de curtir seus momentos de folga.

"Eu tenho amigos, tenho família, por que não posso ir para a balada ? Eu posso, eu vou, e não vejo problema nenhum, é minha vida particular", disse o atacante, que viu maldade na pergunta do jornalista.

"Achei sua pergunta maldosa, mas respondo sem maldade. Se você tivesse 24 anos, tivesse tudo que eu ganhei e tudo que eu tenho, você seria o mesmo? Só isso que te pergunto...", concluiu.

Discussão com torcedor

Após a conquista do tão esperado ouro olímpico , o camisa 10 da seleção brasileira discutiu e xingou torcedores presentes no Maracanã . O motivo da discussão seria um momento na primeira etapa da partida contra a Alemanha em que os fãs teriam pedido que Neymar demonstrasse raça em campo. 

Desabafo contra críticos da seleção

publicação de Neymar no Instagram
Reprodução
Neymar se manifestou contra os críticos da seleção brasileira

Em 2016, Neymar ficou fora da Copa América Centenário para pode disputar os Jogos Olímpicos, mas nem isso o afastou de polêmicas. Após a eliminação precoce da seleção antes das quartas de final do torneio, o atacante usou as redes sociais para atacar os críticos.

Leia também: Ronaldo Fenômeno comenta críticas a Neymar e diz que a maioria é injusta

"Ninguém sabe o que vocês sofrem pra estar aí e defender a Seleção, vestir essa camisa é um orgulho e vocês fazer isso com AMOR. Agora, vai aparecer um monte de babaca pra falar m..., f...-se. Faz parte, futebol é isso. Sou brasileiro e tô fechado com vocês", escreveu o jogador.





Adversário no vácuo

Já no Paris Saint-Germain , Neymar continuou "causando". Em partida contra o Rennes , pela Copa da Liga Francesa, o atacante estendeu o braço para um jogador do Rennes que estava no chão, mas recuou e saiu rindo quando o adversário lhe deu a mão.

A atitude gerou muitas críticas contra o brasileiro, que se defendeu: "Foi só uma brincadeira, sempre faço com meus amigos, por que não com os rivais?", explicou-se.


Briga com Cavani

Cavani e Neymar
Reprodução
A polêmica entre Neymar e Cavani tem dado o que falar na imprensa mundial esportiva

Logo em sua primeira temporada no PSG, o brasileiro arrumou uma confusão com o centroavante uruguaio, que é um dos maiores ídolos da torcida, por conta das cobranças de falta e pênalti da equipe.

Após ter alguns pedidos para bater pênaltis negados por Cavani , Neymar se vingou e impediu que o uruguaio batesse uma falta. A atitude gerou vaias por parte dos torcedores franceses e gerou um desgaste no vestiário do clube parisiense.

Leia também: Acabou o amor? Galvão Bueno critica Neymar por agressão: "Nada que justifique"

Soco em torcedor

Neymar dá soco em torcedor
Reprodução
Neymar deu soco em torcedor que estava filmando jogadores do PSG após vice na Copa da França

Após a derrota do PSG para o Rennes na final da Copa da França, o camisa 10 se irritou com um torcedor adversário que filmava a passagem dos jogadores fazendo provocações e acertou um soco nele.

A atitude gerou críticas ao brasileiro em todo o mundo, inclusive de seu treinador, Thomas Tuchel, que reprovou a agressão: "Eu não gostei, não gostei mesmo. Não é possível que aconteça isso", disse após o incidente.

Briga com Draxler

Draxler e Neymar
Reprodução
Neymar e Draxler teriam discutido no vestiário do PSG e quase trocaram socos

De acordo com o jornal 'Le Parisien', após a última derrota da equipe no Campeonato Francês, Neymar e Draxler discutiram no vestário e tiveram que ser separados pelo diretor de futebol, Antero Henrique, e o técnico Thomas Tuchel .

o alemão Julian Draxler criticou rispidamente algumas atitudes de Neymar em campo e no vestiário, e o brasileiro respondeu o meia "Quem é você para falar assim comigo? Só passa a bola para trás".

Conforme o portal, Draxler não teria gostado da declaração e partiu para cima de Neymar , tendo de ser apartado pela comissão técnica.

    Leia tudo sobre: Futebol