Tamanho do texto

Narrador comentou em seu programa 'Bem, Amigos' que o atleta precisa de orientação e que não pode mais ser chamado de menino

IstoÉ

galvão bueno e neymar
Reprodução
Galvão Bueno não gostou da atitude de Neymar com um torcedor

Durante o “Bem, Amigos” desta segunda-feira (6), Galvão Bueno comentou a agressão de Neymar a um torcedor na final da Copa da França na semana passada.

Leia também:  Luxemburgo critica Neymar: "Está esquecendo que é jogador de futebol"

O atacante perdeu a final com o PSG para o Rennes e agrediu um torcedor que o xingava na arquibancada do estádio. Segundo Galvão Bueno , nada justifica a atitude de Neymar.

“Não há nada que justifique uma agressão. Alguém tem que ter a capacidade de melhor orientar o Neymar. Ele é capitão da seleção brasileira, uma escolha do Tite. Não existe mais o ‘menino Neymar’, tem 27 anos já, é pai há muito tempo”, afirmou o apresentador.

Ele ainda criticou as muitas desculpas usadas durante a carreira do atleta. “É um bom garoto, é bacana, mas tem tomado atitudes que não se encaixam com a grande estrela, com o grande jogador que é o Neymar”, completou.

Leia também:  Palmeiras e Globo se reúnem, mas multa e tempo de contrato afastam acerto

Contestado por Galvão Bueno e Vanderlei Luxemburgo no mesmo dia, Neymar volta a entrar em campo com o PSG no próximo sábado (11) contra o Angers pelo Campeonato Francês. Na semana que vem, Tite deve anunciar o nome do atacante na lista dos relacionados para a Copa América 2019.

    Leia tudo sobre: Futebol