Tamanho do texto

Diretoria palmeirense não abre mão de receber o valor cheio pelos direitos de transmissão e deseja um contrato com duração de apenas dois anos

Felipão em campo
O Globo
Sem acordo, o torcedor do Palmeiras terá que acompanhar a partida contra o Atlético-MG pelo rádio

O Palmeiras e a Rede Globo tiveram uma nova reunião para tentar um acerto nesta segunda-feira (06), porém mais uma vez o encontro acabou sem solução devido a dois impasses: a multa imposta pela emissora carioca e o tempo de contrato desejado pelas partes.

Assim como fez com Santos, Internacional, e outros clubes que acertaram com a Turner , a Globo quer impor uma multa contratual de 20% ao Palmeiras , que considera o valor absurdo e não deve abrir mão do valor cheio pelos direitos de transmissão , que já foram acertados.

Outro impasse na negociação é o tempo de contrato, o clube paulista deseja uma duração de dois anos, enquanto a emissora quer que o acordo seja válido por quatro anos.

Leia também: Equipe do Esporte Interativo vibra enquanto torcida do Palmeiras xinga a Globo

Um fator que pode acelerar as tratativas entre as duas partes é a partida do Verdão contra o Atlético-MG no próximo domingo (12), que pode valer a liderança do Campeonato Brasileiro , e até o momento não será transmitida, já que os mineiros não fecharam com o grupo do  Esporte Interativo .

A falta de acordo já prejudicou a torcida do Palmeiras na partida contra o CSA, pela segunda rodada do Brasileirão , que não foi transmitida na TV. Os torcedores do time tiveram que recorrer à rádios para acompanhar a partida, que terminou empatada em 1 a 1.

    Leia tudo sobre: Futebol