Tamanho do texto

Em partida praticamente perfeita, número 1 do mundo passa por cima do espanhol e o derrota em 3 sets para conquistar o 7º título do 1º Slam do ano

Novak Djokovic é o grande campeão do Aberto da Austrália 2019! O sérvio número 1 do mundo venceu neste domingo o duelo com Rafael Nadal (2º) por 3 sets a 0, com parciais de 6-3, 6-2 e 6-4, em 2h04 de jogo e confirmou o sétimo título no Grand Slam australiano, tornando-se o maior campeão da história do torneio.

Leia também: Osaka supera Kvitova, conquista o Aberto da Austrália e assume ponta do ranking

Novak Djokovic beija o troféu do Aberto da Austrália 2019, o sétimo de sua carreira
Divulgação/AO
Novak Djokovic beija o troféu do Aberto da Austrália 2019, o sétimo de sua carreira

Ao contrário do que aconteceu na final em 2012, quando os dois decidiram o título, que ficou com Djokovic , em quase seis horas de partida, neste domingo, Nadal pareceu não estar nos seus melhores dias. Ele, que chegou à decisão ser perder sets, sofreu diversas quebras sem conseguir reverter e já no fim do segundo set parecia não acreditar em uma virada.

O sérvio, por sua vez, demonstrou estar em sua melhor forma e justificou, mais uma vez, porque ocupa hoje o posto de melhor tenista do mundo no ranking da ATP. Com a vitória, ele aumenta sua pequena vantagem sobre o espanhol, agora com 28 vitórias contra 25. Com mais um título, Nole chega ao 15º de Grand Slam e fica atrás somente de Federer, com 20, e o próprio Nadal, com 17. Este foi o terceiro consecutivo.

“Gostaria de parabenizar o Djoko pelo nível incrível de tênis hoje e nas duas últimas semanas. Agradeço todas as pessoas que fizeram isso possível, especialmente minha equipe por todo o suporte. À organização, obrigado por fazer esse torneio o melhor do mundo e evoluir ano a ano”, começou a dizer Nadal .

Leia também: Rafael Nadal doa um milhão de euros para vítimas de enchentes em Mallorca

“Hoje não foi o meu melhor dia, é claro. Foi o meu primeiro torneio desde o US Open e por isso foi muito especial pra mim jogar aqui nessas duas semanas. Eu vou continuar batalhando para ser melhor. A conexão com vocês (torcida) é incrível, eu sinto falta quando não passo por aqui. Espero ver vocês anos que vem”, concluiu o experiente espanhol.

Na sequência, quem falou foi o campeão. “Gostaria de devolver os cumprimentos ao Rafa, parabeniza-lo por ter voltado mais uma vez. Você mostrou o que é espirito de luta. Foram grandes duas semanas, apesar da noite difícil que você teve hoje”, iniciou seu discurso Novak.

“Estar hoje com esse troféu na mão é extremamente incrível após vencer três Slams seguidos, ainda mais quando lembro da minha cirurgia no ano passado. Muito obrigado ao meu time que me apoia. Gostaria de dedicar esse premio a minha família, esposa e meus dois filhos. Espero que eles tenham me assistido. Os troféus são muito melhores quando tenho gente como eles para dividir. Obrigado aos torcedores, é um prazer jogar em frente a vocês. Espero voltar no próximo ano. Obrigado!”, concluiu o grande campeão do Aberto da Austrália 2019.

Como foi a vitória de Djokovic

Djokovic se joga em quadra após derrotar Rafael Nadal
Divulgação/AO
Djokovic se joga em quadra após derrotar Rafael Nadal

Logo no primeiro set, o número 1 do mundo mostrou porque está nessa posição do ranking e quebrou o saque do espanhol duas vezes. Ao garantir os seus games, Djoko conseguiu vencer por 6-3 e já abrir vantagem na decisão em apenas 36 minutos. O segundo set seguiu o mesmo fio da meada, mas o sérvio quebrou o serviço de Nadal três vezes, o que fez com que ele fechasse em 6-2, mas desta vez em 39 minutos.

Leia também: Torneio de tênis para veteranos tem cães-guia como boleiros na Inglaterra

No terceiro, Djokovic começou sacando e garantiu seu game, além de quebrar o saque do espanhol na sequência, já abrindo vantagem. Nadal não desistiu e continuou lutando para se manter vivo no jogo, mas não conseguiu devolver a quebra para buscar o empate, sofreu outra quebra e acabou derrotado por 6-3 no game mais longo da partida: 49 minutos.