Tamanho do texto

Marcelo Melo conseguiu se manter por 44 semanas no topo do ranking da ATP. Assim, ele superou Guga, que havia ficado 43 semanas na liderança

O tenista Marcelo Melo superou Gustavo Kuerten nesta segunda-feira (29) e se tornou o tenista brasileiro que mais tempo permaneceu na liderança de um ranking da ATP.

Leia também: Maior campeão de Grand Slams, Federer garante: "Continuo com fome"

Perfil de Marcelo Melo no site oficial da ATP
Reprodução/ATP
Perfil de Marcelo Melo no site oficial da ATP

Marcelo Melo , de 34 anos, está há 44 semanas no topo do ranking de duplas, superando Guga , que ficou 43 semanas na liderança do ranking de simples, entre 2000 e 2001.

"Fico muito feliz, é muito gratificante para mim conquistar mais um fato histórico, mais uma conquista inédita na minha carreira. Realmente essa quantidade de semanas como número 1 do mundo não é fácil. Por isso, compartilho com todos, mais um feito na minha carreira. Espero continuar conquistando ainda mais e permanecer por mais tempo como número 1", disse Melo.

Leia também: Federer derrota Cilic e conquista Aberto da Austrália pela 6ª vez

Essa é a segunda vez que Melo assumiu a liderança do ranking de duplas. A primeira foi em novembro de 2015, retornando em julho de 2017. Nesta última atualização da lista, o tenista brasileiro divide o topo com o polonês e seu parceiro Lukasz Kubot.

Melo também superou Guga no número de títulos. Após a conquista do torneio de Sydney, na Austrália, o mineiro contabilizou seu 29º título na carreira, contra 28 do tenista catarinense.


Leia também: Nadal desiste no 5º set; Melo e Kubot caem nas quartas do Aberto da Austrália

Próximos torneios

Depois de conquistar o título do ATP 250 de Sidney e disputar o Australian Open, a dupla Melo e Kubot volta a jogar no dia 12 de fevereiro, no ATP 500 de Roterdã, na Holanda. Antes, nesta semana, dias 2 e 3, Melo estará defendendo o Brasil no Zonal das Américas da Copa Davis, contra a República Dominicana, em Santo Domingo, em parceria com o gaúcho Marcelo Demoliner.