Tamanho do texto

Tanner Hendrickson não poderá competir na última etapa do Mundial de Surfe, em Pipeline, porque causou briga com Michael Rodrigues

A etapa de Pipeline do Mundial de Surfe, a última do ano, deve  começar nos próximos dias  para definir o campeão de 2018, mas, enquanto os surfistas não caem na água, dois deles se envolveram em uma confusão. Na tarde desta terça-feira, o brasileiro Michael Rodrigues e o havaiano Tanner Hendrickson trocaram socos.

O surfista havaiano Tanner Hendrickson trocou socos com o brasileiro Michael Rodrigues e acabou suspenso pela Liga Mundial de Surfe
Divulgação/WSL
O surfista havaiano Tanner Hendrickson trocou socos com o brasileiro Michael Rodrigues e acabou suspenso pela Liga Mundial de Surfe

A briga ocorreu enquanto Rodrigues concedia entrevista para o canal OFF e fez com que o havaiano fosse suspenso. Nas imagens, é possível ver o surfista brasileiro e outras pessoas conversando na praia sobre algo que aconteceu no Rio de Janeiro.

"Ele não para, é por isso que ele briga. Brigou com a galera lá do Rio, falou mal dos fundos do Rio, a galera ficou bolada. A galera não entende que o moleque não para", falou um dos brasileiros, enquanto caminhavam.

Logo na sequência, quando Rodrigues sobe a escada, ele encontra Hendrickson. Neste momento, o havaiano derruba o pote de açaí que o brasileiro estava comendo e os dois começam a trocar socos e outros golpes. As outras pessoas nada fazem e se afastam da cena.

Assista abaixo

Hendrickson concedeu entrevista à revista Stab posteriormente e falou sobre a situação. De acordo com seu relato, o brasileiro havia dado uma ombrada nele logo que chegou à praia, além disso, os dois se desentenderam em outra etapa nos Estados Unidos.

Leia também: Fazendo história: Stephanie Gilmore é heptacampeã mundial de surfe feminino

"Ele esbarrou em mim e eu fiquei tipo: 'você está brincando comigo, brasileiro?'. Eu fiquei como 'se você olhar para mim ou dizer qualquer coisa de novo... eu tentei resolver isso com você antes e tudo que você me diz é f...-se. Então, dá próxima vez que você me olhar de maneira errada ou disser algo estúpido, nós vamos resolver isso", disse Hendrickson.

O havaiano falou ainda que a briga entre os dois foi premetida por Michael Rodrigues e os outros brasileiros e que eles já subiram a escada filmando porque sabiam que iriam encontá-lo.

"Essa é o único motivo que encontro para eles estarem filmando quando subiram a escada. Quer dizer, não tinha nada de interessante nisso. Eles sabiam que algo iria acontecer. É por isso que estou irritado. Não quero me envolver em mais problemas. Só quero que isso termine", acrescentou.

Leia também: Depois de entrar para o Guinness Book, Maya Gabeira pode se aposentar do surfe

A briga fez com que a Liga Mundial de Surfe suspendesse provisoriamente Tanner Hendrickson de todas as competições "até que a investigação sobre o incidente seja concluída". Sendo assim, o surfista não disputará a última etapa de 2018.

    Leia tudo sobre: surfe