Tamanho do texto

A australiana de 30 anos tinha vencido seu último campeonato em 2014 e igualou recorde de títulos da compatriota Layne Beachley

Australiana Stephanie Gilmore venceu pela sétima vez o mundial de surfe feminino
WSL / Kelly Cestari
Australiana Stephanie Gilmore venceu pela sétima vez o mundial de surfe feminino

Nesta segunda-feira, a australiana Stephanie Gilmore se consagrou heptacampeã do mundial de surfe feminino. A atleta de 30 anos levantou o último troféu em 2014, as outras conquistas foram em 2007/ 2008/ 2009/ 2010 e 2012.

Leia também:  Surfista portuguesa sofre tentativa de estupro e é esfaqueada ao fugir

A vitória na etapa de Honolua Bay do Mundial de Surfe 2018, na ilha de Maui, no Havaí, veio na areia. Stephanie tinha vencido sua primeira bateria do dia contra Alana Blanchard e Sage Erickson e avançou direto para as quartas de final.

Sua única concorrente pelo título era a americana Lakey Peterson que perdeu a primeira bateria, mas se classificou para a repescagem. No entanto, na disputa do round 2 contra Alana Blanchard ela perdeu de 13.10 a 10.54 e saiu da disputa, dando o título automaticamente para Gilmore.

“Eu realmente não esperava que isso acontecesse nesse momento”, disse Stephanie logo após a eliminação de Peterson. “Eu só quero agradecer a todos os meus amigos, minha família, a Roxy e todos que me apoiaram na minha carreira até agora e a WSL por tudo que tem feito por nós, para as mulheres, é inacreditável”, comemorou.

Heptacampeãs no Mundial de Surfe feminino

Layne e Stephanie são as únicas mulheres a vencerem por sete vezes o Mundial de Surfe
WSL / Kelly Cestari
Layne e Stephanie são as únicas mulheres a vencerem por sete vezes o Mundial de Surfe

A Austrália tem o reinado das heptacampeãs da modalidade. Apenas duas mulheres conseguiram o feito até hoje: Stephanie Gilmore e Layne Beachley, sua compatriota.

Beachley venceu seis títulos consecutivos no período de 1998 a 2003. Após uma brefe interrupção de títulos, a atleta conseguiu retornar ao posto em 2006 e fechou os seus sete títulos na WSL. Ela inclusive foi quem entregou a coroa para a mais nova heptacampeã.

Leia também:  Brasileiro pretende quebrar recorde de slakline na Virada Esportiva de SP

“É uma honra para mim estar ao lado da Layne. Ela tem sido uma grande inspiração de toda a minha carreira e certamente para muitas surfistas no mundo todo, então igualar um recorde dela é incrível e muito especial para mim. Eu vou curtir ter sete títulos também, isso é muito, muito legal”, disse Gilmore.

Fazendo história no Mundial de Surfe

Stephanie Gilmore, em 2007, quando venceu seu primeiro título no Mundial de Surfe
Reprodução
Stephanie Gilmore, em 2007, quando venceu seu primeiro título no Mundial de Surfe

Stephanie Gilmore vai completar 31 anos no dia 29 de janeiro e não parece que vai parar. Ela iniciou sua trajetória no Mundial aos 17 anos e, já em sua temporada de estreia, conquistou o primeiro troféu de sua carreira. Depois foram quatro títulos consecutivos até a invencibilidade ser quebrada por Carissa Moore, tricampeã da modalidade.

Ainda viva na etapa de Honolua Bay, Gilmore venceu três etapas no ano de 2018 e ficou em segundo lugar em duas. O seu pior resultado no ano foi um nono lugar na última etapa, na França.

Leia também:  Autor de ataque ao ônibus do Borussia Dortmund pega 14 anos de prisão

Gilmore volta ao mar contra Johanne Defay na segunda bateria do dia para as quartas de final. A grande decisão da etapa do Havaí no Mundial de Surfe está marcada para o dia 06 de dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.