Tamanho do texto

Apesar do susto, Mariana Rocha Assis passa bem e já está em casa, enquanto homem não foi detido. Ela terá que adiar viagem marcada para o Brasil

A surfista e também skatista portuguesa Mariana Rocha Assis , de 21 anos, sofreu uma tentativa de estupro e acabou esfaqueada. A própria atleta publicou em suas redes sociais, no último sábado, uma foto já em recuperação no hospital.

Leia também: Maya Gabeira entra para o Guinness Book com maior onda já surfada por uma mulher

A surfista portuguesa Mariana Rocha Assis sofreu tentativa de estupro e foi esfaqueada após reagir
Reprodução/Instagram
A surfista portuguesa Mariana Rocha Assis sofreu tentativa de estupro e foi esfaqueada após reagir

De acordo com publicação em suas próprias redes sociais, a surfista estava sozinha andando pelas ruas de Estoril e foi abordada por um homem, que tentou estuprá-la. Mariana, então, reagiu, deu uma joelhada nos testículos do homem e acabou sendo atingida por uma faca no abdômen.

"Ia para casa sozinha de noite quando um homem tentou me estuprar. Não conseguiu. Tive o sangue frio de dar-lhe uma joelhada nos testículos e depois ele esfaqueou-me na barriga. Tenho muito respeito pelas mulheres que não conseguem reagir como eu e são violadas por estes loucos que andam à solta e deviam estar no inferno. Graças a Deus, estou viva", escreveu.

Leia também: Árbitro é agredido durante partida e gera indignação no futebol italiano

Após ser atendida em um hospital local, ela foi se recuperar em casa. O homem conseguiu escapar. "Raiva, frustração, dor, medo, nem sei bem o que sinto... Não só por saber a sorte que tive, mas o fato de o filho da p... ainda andar por aí", disse ainda.

Visualizar esta foto no Instagram.

Anger, frustration, pain, fear, I'm not even sure what I feel.... Not only by knowing the luck I had, but the fact that son of a bitch is still out there. For those who keep asking or for those who are already telling things that did not happen, here’s the story: I was going home alone at night, when a man tried to rape me. HE DIDN’T. I was lucky to have the cold blood to give him a knee in the balls as he later stabbed me in the belly. I have a lot of respect for all the women who can not react like I did and are raped by these crazy people who are on the loose and should be in hell. And still thank you God I’m alive. For all those who called and sent messages sorry not to have answered but the mobile phone did not stop ringing. Love Mariana ❤️

Uma publicação compartilhada por Mariana Rocha Assis (@marianarochaassis) em

Em outra publicação, Mariana lamentou o fato de ter que adiar uma viagem que tinha marcada para o Brasil. "Obrigada a todos pelos bons pensamentos e pelas orações. Estou feliz por estar viva. Infelizmente, parece que o Brasil vai ter que esperar por mim", publicou. Em outro registro em suas redes sociais, a portuguesa posou com Neymar, quando o jogador foi até Peniche para acompanhar a etapa local do Mundial de Surfe.

Leia também: "Tem uma coroa dormindo", disse Daniel em áudio pouco antes de ser assassinado

A surfista de 21 anos atualmente disputa a Liga MEO da Associação Nacional de Surfistas de Portugal e ocupa a nona colocação no ranking com outras 30 atletas.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.