Tamanho do texto

Homem suíço estava surfando na Austrália quando avistou barbatana de tubarão-branco de 3,5 metros; Marcel Brundler escapou após pegar onda

Marcel Brundler, surfista suíço
Cameron Best/ ABC News
Marcel Brundler, surfista suíço

Um surfista de sorte sobreviveu a um ataque de tubarão nesta última terça-feira (29). Marcel Brundler estava no outside esperando uma onda ao lado de um amigo em Cathedral Rock, no estado australiano de Victoria. De repente, eles avistam uma barbatana gigante de um animal de 3,5 metros.

LEIA TAMBÉM: Kelly Slater polemiza ao pedir morte de tubarões; veja o porquê

"Meu amigo começou a gritar e eu disse tranquilo que era só um golfinho", relembrou Brundler durante entrevista para o "ABC News". "Mas aí então eu me dei conta de que era uma barbatana gigante". Mantendo a calma, o surfista suíço permaneceu no mesmo local. Ele ainda conta que o tubarão passou a rodeá-lo e depois de um tempo sumiu.

Mas o animal voltou à superfície e foi em direção ao homem de 37 anos de idade. "Ele me pegou por baixo e os dentes acertaram a minha prancha", disse. "Eu senti os dentes no meu quadril e a saliva dele na minha roupa de borracha. Ele estava me arrastando com a prancha e eu comecei a gritar e socá-lo o mais forte que pude. Ele me soltou, mas não saiu de perto".

LEIA TAMBÉM: Surfista é atacado na Flórida enquanto usava pulseira 'repelente' de tubarão

De acordo com a polícia local, haviam outras quatro pessoas dentro da água quando o ataque aconteceu, no entanto, todas nadaram para fugir do tubarão . "Eu fui muito, muito sortudo. Aquela onda apareceu do nada", explicou o suíço, que ao se deparar com uma série, remou e pegou uma onda em direção à praia.

E mesmo após o incidente, Marcel Brundler afirmou que não vai deixar que surfar em Cathedral Rock, mas colocou uma condição. "Eu acho que eu não vou mais sozinho. Vai ser um pouco assustador", afirmou.

LEIA TAMBÉM: Jogadora sobre ataque de tubarão: "Estou feliz por ter acontecido comigo"

Tubarão no circuito mundial de surfe

Recentemente, a presença de tubarões em águas próximas à costa preocupa as autoridades da Califórnia, nos Estados Unidos. A visita dos animais foi frequente e um tubarão chegou a ser flagrado em Trestles pela câmera do "Surfline". O local recebe a oitava etapa do mundial de surfe , que acontecerá em seis de setembro, com janela até o dia 17 do mesmo mês.

Ainda não se sabe o motivo da frequência dos animais na região, mas de acordo com pesquisadores e especialistas, a temperatura da água favorece os tubarões e a presença de leões marinhos na região atrai os predadores para próximos da costa. Uma surfista, inclusive, chegou a ser atacada em Trestles.

    Leia tudo sobre: surfe