Tamanho do texto

Com alto nível em estrutura física, psicológica, médica e tecnológica, o Instituto Gabriel Medina vai acompanhar 38 jovens surfistas em Maresias

Instituto Gabriel Medina em Maresias, São Sebastião (SP)
Aleko Stergiou
Instituto Gabriel Medina em Maresias, São Sebastião (SP)

Foi inaugurado nesta terça-feira (31) o Instituto Gabriel Medina, que tem como maior objetivo formar novos valores do surfe. Localizado na praia de Maresias, em São Sebastião, o surfista e sua família apresentaram a instituição à imprensa e depois aos patrocinadores. “Estou super feliz. Era um sonho meu, da minha família, de poder estar ajudando estas crianças e o meu esporte também. Me sinto orgulhoso de realizar esse sonho”, disse o campeão mundial de 2014.

LEIA MAIS: Medina foi o segundo surfista mais bem pago de 2016, diz site

A proposta é oferecer estrutura de excelência física, psicológica, aulas de idioma e tecnologia aos novos nomes do surfe, dos dez aos 16 anos. Além disso, os participantes do projeto terão atendimento médico e de saúde bucal. A sede foi construída com recursos próprios, em um terreno de frente para o mar. Local onde o primeiro brasileiro campeão mundial do esporte aprendeu a pegar ondas.

"Espero que essa garotada saia daqui como boas pessoas, cidadãos, preparados para qualquer situação da vida", falou, também lembrando que a parte social estará em grande evidência sempre, inclusive com interação com os pais dos atletas. "Teremos oficinas profissionalizantes", revelou o surfista.

A mãe de Gabriel e presidente do Instituto, Simone Medina, também demonstrou a satisfação de iniciar essa nova fase na trajetória da família. "Para nós é motivo de muito orgulho poder participar da formação de grandes atletas e cidadãos, porque o esporte foi uma ferramenta que nos ajudou a criar os nossos filhos, dentro de princípios e valores, que hoje não existem mais", afirmou.

"A ideia partiu do Gabriel mesmo. Ele quis devolver um pouco do que ele ganhou com o esporte. A Simone e eu abraçamos a ideia na hora. A partir disso, pensamos num ideal para um atleta se formar e ser profissional", disse Charles Saldanha, vice-presidente do IGM.

LEIA MAIS: Surfista é atacado na Flórida enquanto usava pulseira 'repelente' de tubarão

Atletas

38 promessas do surfe serão acompanhados pelo Instituto Gabriel Medina
Aleko Stergiou
38 promessas do surfe serão acompanhados pelo Instituto Gabriel Medina

“Essa faixa etária é interessante, porque é aí que você forma o atleta. Aí que vem a base e que vão sair os campeões. Nessa idade, tentamos dar tudo de melhor para o Gabriel. Muitas vezes eu trabalhei sozinho, não tinha equipe. Hoje, o Gabriel tem um time e esse pessoal veio também para o Instituto”, relatou Charles.

LEIA MAIS: Com nove brasileiros na elite, mundial de surfe tem seus competidores definidos

O Instituto Gabriel Medina tem início neste dia 1º de fevereiro e trabalhará com 38 atletas de dez aos 16 anos. Todos os jovens surfistas foram selecionados a partir da classificação do Circuito Medina/ASM de Surfe.

    Leia tudo sobre: surfe