Tamanho do texto

O paranaense de 24 anos começou o ano com o pé direito e venceu em Israel seu primeiro campeonato no Circuito Mundial da World Surf League

Peterson Crisanto comemora o título do QS 1500 SEAT Pro Netanya
WSL/ Masurel
Peterson Crisanto comemora o título do QS 1500 SEAT Pro Netanya

O paranaense Peterson Crisanto deu show de surfe nas ondas de Kontiki Beach e levou a melhor em Netanya, Israel. Com sua primeira vitória no Circuito Mundial da World Surf League, o brasileiro assumiu a liderança no ranking do WSL Qualifying Series 2017, a divisão de acesso, neste início de temporada.

Leia mais: Com nove brasileiros na elite, mundial de surfe tem seus competidores definidos

"É uma sensação incrível poder vencer uma etapa da WSL, especialmente considerando todo o trabalho árduo que vem sendo realizado", disse Peterson Crisanto . "Eu estou começando o ano com o pé direito e espero que continue assim nos próximos eventos. Esta é a primeira vez que venho para Israel, tive uma semana maravilhosa aqui e esta viagem certamente ficará marcada na minha vida para sempre".

Aos 24 anos, Petersinho sempre foi considerado uma grande promessa do surfe brasileiro, mas com a perda do patrocínio, acabou nem competindo eventos oficiais da liga no ano passado. Começando do zero, o surfista vem participando de etapas menores para tentar a somatória de pontos e então, entrar no grupo dos 100 primeiros do ranking. Assim, poderá disputar as etapas mais importantes para tentar chegar aos dez melhores e garantir uma vaga na elite.

Leia mais: Sexta-feira 13: surfista leva vaca, desmaia e fica perto da morte em Pipeline

No primeiro evento do ano, o QS 1000 Shoe City Pro em Huntington Beach, Peterson já havia sido o melhor sul-americano mais bem colocado da prova e chegou a ficar a um passo das semis. Já em Israel, foi destaque absoluto com direito à melhor nota do campeonato, um 9,80 e uma somatória de 18,17 pontos. Na final, ainda venceu o francês Jorgann Couzinet, da Ilha Reunião, por 16,50 a 12,70 e levou para casa o cheque de 10 mil dólares.

Leia mais: Surfista é atacado na Flórida enquanto usava pulseira 'repelente' de tubarão

Ranking do WSL QS 2017 (3 primeiras etapas):

1º Peterson Crisanto (BRA): 1.895 pontos
2º Cam Richards (EUA): 1.395
3º Jorgann Couzinet (FRA): 1.125
4º Kanoa Igarashi (EUA): 1.000
5º Kalani Ball (AUS): 860
5º Takumi Nakamura (JAP): 860
7º Jonathan Gonzalez (ESP): 840
7º Pedro Henrique (POR): 840
9º Gony Zubizarreta (ESP): 630
9º Dimitri Ouvre (FRA): 630
9º Adrien Toyon (FRA): 630
9º Francisco Carrasco (POR): 630

    Leia tudo sobre: surfe