Tamanho do texto

Na última sexta-feira (13), o havaiano Kalani Chapman, de 34 anos, teve um imprevisto em Pipeline durante a final do Da Hui Backdoor Shootout

Aos 34 anos, o surfista local Kalani Chapman é conhecedor das ondas de Pipeline
Reprodução/Facebook
Aos 34 anos, o surfista local Kalani Chapman é conhecedor das ondas de Pipeline

O experiente surfista havaiano Kalani Chapman quase perdeu a vida nesta última sexta-feira (13) enquanto participava das finais do campeonato Da Hui Backdoor Shootout.

Surfe: saiba tudo sobre o esporte e estilo de vida

O mar estava grande e pesado. Kalani pegou uma onda e administrava muito bem, até que a bomba fechou. Em seguida, o surfista não subiu à superfície. O bico da prancha atingiu a parte de trás da cabeça de Kalani, fazendo com que o havaiano desmaiasse.

Logo após o ocorrido, seus adversários na bateria, Nathan Florence e Seth Moniz, ajudaram os salva-vidas com o resgate para trazê-lo de volta à superfície.

Confira a onda e o resgate do havaiano:




Leia mais: Com nove brasileiros na elite, mundial de surfe tem seus competidores definidos

Seth Moniz, um dos adversários de Kalani durante a bateria do acidente, escreveu uma mensagem ao amigo nas redes sociais.

I'm so glad this warrior is still with us today @kalooneytunes A minute before the incident Kalani and I were sitting out at second reef Pipe chatting about how good the waves were. Two sets came through, Kalani took the first wave and I took the next one. At the end of my wave I seen his board in the whitewash, but didn't see Kalani. My first thought was he broke his leash, but after the wave passed his board got pulled out the back like there was an anchor at the end of it. That's when I knew something bad happened. It was such a scary moment for me, I was looking at one of my heroes and there was no life in him. I'm so glad @nathan_florence, Larey Haynes, Uncle Kawika foster, Uncle Terry Ahue @hawaiianwaterpatrol and @northshorelifeguardassociation were all there to save his life. I hope for a speedy recovery and I can't wait to see you getting more bombs at pipe!🙌

Uma foto publicada por Seth Moniz (@sethmoniz) em


Confira na íntegra:

"Eu estou muito grato que esse guerreiro ainda está conosco hoje. Um minuto antes do acidente Kalani e eu estávamos sentados no segundo reef de Pipe conversando sobre como as ondas estavam boas. A série veio, Kalani pegou a primeira onda e eu a onda em seguida. No fim da minha onda só vi a prancha, mas não o vi. 

Leia mais: Surfista é atacado na Flórida enquanto usava pulseira 'repelente' de tubarão

Meu primeiro pensamento foi de que ele tinha estourado o leash, mas depois que a onda passou, sua prancha foi puxada pela rabeta, como se tivesse uma âncora na outra ponta. Foi então quando eu soube que algo ruim tinha acontecido. Foi um momento muito assustador para mim, eu estava olhando para um dos meus heróis e não havia vida nele.
Estou muito feliz que Nathan Florence, Larey Haynes, Kawika Foster, Terry Ahue, a Patrulha Aquática do Havaí e os salva-vidas do North Shore estavam lá para salvar sua vida. Espero por uma recuperação rápida e mal posso esperar para vê-lo voce pegando mais bombas em Pipe."

O surfista Jamie O'Brien relatou que o conterrâneo Kalani Chapman "está em condição estável e caminhando para uma recuperação completa".

    Leia tudo sobre: surfe