Tamanho do texto

O Brasil recebe o Rio Pro na quarta etapa do calendário 2017

Campeão 2016, John John Florence defende a etapa brasileira, agora transferida para Saquarema pelo calendário 2017
WSL / Cestari
Campeão 2016, John John Florence defende a etapa brasileira, agora transferida para Saquarema pelo calendário 2017

A WSL (World Surf League), liga responsável pelas competições profissionais de surfe, divulgou na terça-feira (15) o calendário 2017 oficial com as datas de todos os eventos masculino e feminino da elite (CT), divisão de acesso (QS), Pro Junior e Longboard.

Leia mais: Surfista australiano conta como escapou de ataque de tubarão com socos

Mesmo com o campeão deste ano já definido, o havaiano John John Florence, a temporada 2016 ainda conta com a última etapa em dezembro, em Pipeline, Havaí. O novo calendário 2017 do mundial de surfe dispõe das mesmas 11 etapas deste ano e a mesma sequência de eventos.

O início da temporada 2017 do surfe mundial mantém seu início na perna australiana, com o primeiro evento a partir do dia 14 de março, na Gold Coast, seguidos por Margaret River (29 de março) e Bells Beach (12 de abril).

Leia mais: Silvana Lima vence na Austrália e é campeã do WQS 2016

"Com a coroação de John John Florence e Tyler Wright como campeões de 2016, o surfe foi colocado em um novo patamar", disse Kieren Perrow, comissário da WSL. "O design do calendário de cada ano é criar um formato variado de alta qualidade através do qual podemos determinar os melhores surfistas do planeta. Estou muito empolgado para ver o que acontecerá no ano que vem e talvez nós podemos ter mais algumas divulgações antes que a temporada comece".

Calendário CT 2017 masculino:

Quiksilver Pro Gold Coast - 14 a 25 de março
Drug Aware Margaret River Pro - 29 de março a 9 de abril
Rip Curl Pro Bells Beach - 12 a 24 de abril
Rio Pro - 9 a 20 de maio
Fiji Pro - 4 a 16 de junho
Corona Open J-Bay - 12 a 23 de julho
Billabong Pro Teahupo’o - 11 a 22 de agosto
Hurley Pro at Trestles - 6 a 17 de setembro
Quiksilver Pro France - 3 a 14 de outubro
Meo Rip Curl Pro Portugal - 17 a 28 de outubro
Billabong Pipe Masters - 8 a 20 de dezembro

Calendário CT 2017 feminino:

Roxy Pro Gold Coast - 14 a 25 de março
Drug Aware Margaret River Pro - 29 de março a 9 de abril
Rip Curl Women’s Pro Bells Beach - 12 a 24 de abril
Rio Women’s Pro - 9 a 20 de maio
Fiji Women’s Pro - 28 de maio a 2 de junho
Vans US Open of Surfing - 31 de julho a 6 de agosto
Swatch Trestles Women’s Pro - 6 a 17 de setembro
Cascais Women’s Pro - 21 de setembro a 1 de outubro
Roxy Pro France - 3 a 14 de outubro
Maui Women’s Pro - 25 de novembro a 6 de dezembro

O calendário fez uma adaptação para que os surfistas da elite possam participar do Mundial ISA (International Surfing Association), entre 21 e 28 de maio, na França. O acordo é uma maneira para que os surfistas somem pontos e possam garantir vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Leia mais: John John Florence vence em Portugal e é campeão mundial de surfe

PRAIAS BRASILEIRAS

O Brasil recebe a liga mundial na quarta etapa, entre os dias 9 a 20 de maio. Desta vez, o palco será a praia de Saquarema, região dos lagos do Rio de Janeiro. O novo local substituirá a Barra da Tijuca, na qual recebia diversas reclamações em relação a poluição do mar carioca.

Além disso, o calendário 2017 conta também com outros três eventos QS, a divisão de acesso. Todos ainda em status de tentativa, os eventos brasileiros de surfe podem acontecer na Praia do Forte (25 de abril), Maresias (1 de maio) e na Joaquina (24 de outubro).

    Leia tudo sobre: surfe