Tamanho do texto

Danny Cipriani foi chantageado por Lisa Murphy, com quem se relacionou por pouco menos de seis meses; a stripper foi acusada pelo tribunal inglês

Na época do ocorrido, o jogador Danny Cipriani atuava pelo Sale Sharks
Reprodução
Na época do ocorrido, o jogador Danny Cipriani atuava pelo Sale Sharks

Danny Cipriani, astro do rugby inglês, se envolveu em mais uma polêmica com mulheres. O jogador engravidou uma stripper, que acabou abortando o filho fruto da relação de pouco menos de seis meses. O fullback do Wasps RFC conheceu Lisa Murphy pelo Facebook no início de 2015, tendo um relacionamento casual até julho do mesmo ano.

LEIA MAIS: Jogadores são expulsos por abuso sexual e técnico é demitido após boicote

De acordo com o jornal inglês "The Sun", a promotora do caso, Wendy Hewitt, disse que foi Cipriani quem primeiro falou sobre dinheiro e ofereceu para pagar a cirurgia de aborto. A princípio, o jogador ofereceu pouco mais de R$ 5 mil, mas eventualmente não deu nada à stripper e se manteve negando todos os fatos.

Na época, ele tentou encobrir a história e Lisa recusou a oferta de apoio financeiro. Mas a stripper alegou ter ficado doente por cinco semanas logo após o aborto. Não podendo trabalhar, voltou ao atleta e exigiu via mensagens de texto que jogador lhe desse cerca de R$ 20 mil para cobrir as seu prejuízo. Violet Smith, amiga e ex-colega de trabalho de Lisa na boate, ajudou a chantagear Danny.

Ele enviou uma última mensagem de texto à mulher que dizia: "Eu não esperava que você me pedisse para pagar seu salário, isso é bem diferente". Não obtendo mais respostas de Cipriani, Lisa tentou vender sua história ao "The Sun", mas ao mesmo tempo, chantageava o assessor do atleta por altas quantias de dinheiro. 

LEIA MAIS: Jogador belga se junta ao Estado Islâmico e é morto a tiros na Síria

A stripper Lisa Murphy
Reprodução
A stripper Lisa Murphy

Julgamento

No tribunal, foram lidas centenas de mensagens de conversas via WhatsApp em 105 páginas enviadas pelas mulheres e pelo jogador de rugby, entre julho e novembro de 2015. A stripper confessou para a corte inglesa ser culpada por chantagem.

Aos 39 anos, Lisa Murphy e Violet Smith, 29, foram condenadas à 22 meses de prisão. No entanto, o juiz Peter Lodder suspendeu a sentença após a confissão e considerou o caso como excepcional. Por fim, concluiu que é um caso muito incomum e não haverá punição.

"Ambas as mulheres sofreram, agora têm uma condenação criminal e ainda perderam seus empregos", disse Lodder.

LEIA MAIS: Árbitro gay fala sobre bulimia e tentativa de suicídio: "Arma estava no pescoço"

Polêmicas com mulheres

Anos atrás, Danny foi notícia nos jornais ingleses de fofoca por ter traído sua namorada da época com um transgênero. Com a modelo Katie Price, foi flagrado na cama com outra garota e ainda recebeu o apelido de "Danny Chipolata", que faz referência a uma pequena salsicha.

Depois de uma temporada na Austrália, o jogador reatou com uma de suas ex-namoradas, a também modelo Kelly Brook, que já tinha o acusado de traição. Em 2013, ela descobriu pelo menos outros seis casos de Danny Cipriani.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.