Tamanho do texto

Manuel Bortuzzo estava com amigos e namorada na porta de um bar quando foi atingido no tórax; polícia acredita que ele foi baleado por engano

Bortuzzo, promessa da natação italiana, ficou paraplégico após ser baleado em Roma
Reprodução
Bortuzzo, promessa da natação italiana, ficou paraplégico após ser baleado em Roma

Uma briga em frente a um bar mudou para sempre o rumo de uma promessa da natação italiana. Manuel Bortuzzo, de 19 anos, foi baleado na cidade de Roma na noite do último sábado (02) e ficou paraplégico após sofrer lesão na medula espinhal.

Leia também:  Amigo de Emiliano Sala diz que jogador foi forçado a entrar em aeronave

De acordo com a mídia local, Bortuzzo foi até um bar no distrito de Axa com amigos, sua namorada, e outros atletas da natação . Porém, o grupo não conseguiu entrar no estabelecimento por causa de uma briga violenta que aconteceu dentro das dependências.

Ao caminharem para o carro que estava estacionado alguns metros do bar, Manuel foi baleado no tórax por dois rapazes em uma moto. Foram disparados três tiros e um deles atingiu o nadador. O crime aconteceu às 2h00 da madrugada de sábado para domingo, na praça Ésquilo.

As autoridades locais estão investigando o incidente e uma das linhas de investigação aponta que Bortuzzo teria sido alvo de uma máfia italiana que o teria confundido com outra pessoa, supostamente ligada à briga dentro do bar. Até esta terça-feira, somente uma pessoa foi interrogada pela polícia e negou envolvimento com o ocorrido.

Leia também:  NFL pode chegar no Brasil e ter jogo disputado em São Paulo, diz colunista

O diretor do Departamento de Neurologia do Hospital Roman San Camillo, Alberto Delitala, que atendeu o jovem atleta, conversou com jornalistas italianos sobre a condição de Bortuzzo. “Por enquanto acreditamos não ser possível uma recuperação funcional do movimento da perna. A possibilidade de recuperar a mobilidade das pernas com o conhecimento médico atual não é possível”.

Os paramédicos que atenderam Bortuzzo após o disparo comentaram que o resgate levou dez minutos para chegar ao local e o nadador foi levado ao hospital Ostia Grassi em código vermelho, de urgência, com ativação de ressuscitador.

O caso de Manuel Bortuzzo causou comoção na Itália e o nadador aposentado Filippo Magnini, bicampeão mundial de 100m livre, publicou em sua conta oficial do Instagram uma mensagem pedindo para que o jovem de 19 anos ‘não desistisse de sua vida’. Veja o post abaixo:

Leia também:  Neymar faz festão de aniversário em Paris e 'pede metatarso' de aniversário

Manuel é natural de Trieste e estava na capital italiana para treinamentos no Centro Federal de Ostia. O menino já era cotado para integrar a equipe nacional e era tratado como promessa do esporte pela Federação Italiana de Natação . Ainda não há informações sobre quando o jovem atleta terá alta do hospital.