Tamanho do texto

Com 2,13m de altura, JaVale McGee acredita que a liga norte-americana tem mudado seu conceito de jogo e tem prejudicado os pivôs tradicionais

McGee diz que NBA não quer mais jogadores muito altos na liga. Estilo de jogo atual é 'small-ball'
Reprodução
McGee diz que NBA não quer mais jogadores muito altos na liga. Estilo de jogo atual é 'small-ball'

Segundo o jogador JaVale McGee , do Los Angeles Lakers, a NBA não tem mais interesse em contar com jogadores altos. Conhecida como uma liga que muda as regras ao longo dos anos, o maior campeonato de basquete dos Estados Unidos estaria disposto a investir no ‘small ball’.

Leia também:  JR Smith será multado toda vez que exigir sua nova tatuagem. Entenda

Em entrevista à ESPN, McGee explicou seu ponto de vista. “Parece que eles ( NBA ) não nos querem aqui. Eles estão tentando nos tirar daqui e o melhor exemplo é que eles removeram nossa posição no All Star”.

Com 2,13 de altura e há mais de uma década atuando no esporte americano, o jogador é pivô e, no último Jogo das Estrelas, a posição saiu da votação e foi unificada com os alas.

O ‘small ball’ tem como característica principal a falta de jogo próximo à cesta e maior mobilidade das peças no perímetro. Geralmente, nesse sistema de jogo, os chutes de três pontos e jogadas de penetração feroz no garrafão com espaço gerado por muita rotatividade da bola são mais frequentes. As franquias teriam a preferência de pivôs mais baixos e mais ágeis.

Leia também: A stro da NBA, LeBron James é anunciado no elenco de Space Jam 2

Com a diferença de jogo, McGee diz como seu comportamento mudou dentro de quadra. “É muito mais cuidadoso agora. Eu definitivamente tenho que focar mais e pensar mais no que exatamente eu estou fazendo, ao invés de apenas usar minha capacidade atlética”.

“Não podemos marcar 40 pontos como os alas e líberos, por isso temos que ajustar o nosso jogo da mesma forma para não ficar para trás”, disse McGee na entrevista. Na teoria do jogador do Lakers, nomes como Shaquille O’Neal, com 2,16 de altura, e Wilt Chamberlain, da mesma altura, não teriam espaço na NBA de hoje.

O atual treinador do Lakers , Luke Walton, compartilha da mentalidade de seu comandado e chegou a fazer experimentos com os pivôs tradicionais no time, utilizando os atacantes Kyle Kuzma e Michael Beasley. Nesta temporada, com a chegada de LeBron James , ele pode assumir essa posição.

Durante os 11 anos de NBA , McGee também comentou sobre a relação com as mídias sociais. “Essa é a parte louca. Sinto que no decorrer da minha carreira estive na era do iPhone e na diluição do grande homem”, completou.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.