Tamanho do texto

Nesta Carter, atleta da Jamaica, foi pego no doping e sua equipe perdeu a medalha de ouro. Inicialmente em 4º, o Brasil subiu uma colocação no pódio

Vicente Lenilson, da Equipe Brasil, aparece em imagem ao lado de Asada Powell nos Jogos Olímpicos de 2008
Reprodução
Vicente Lenilson, da Equipe Brasil, aparece em imagem ao lado de Asada Powell nos Jogos Olímpicos de 2008

Na noite desta sexta-feira (07) o atletismo brasileiro teve uma conquista significativa. O Comitê Olímpico Internacional – COI, confirmou que a medalha de bronze, da prova de revezamento 4x100 masculino, dos Jogos Olímpicos Pequim 2008 é do Brasil.

Desde o início da semana o Comitê tem feito anúncios de redistribuição de medalhas dos Jogos Olímpicos de Pequim devido aos re-testes de doping de alguns atletas. Na última segunda-feira, a halterofilista canadense Christine Girard recebeu medalhas de Pequim 2008 e Londres 2012 .

No caso do Brasil, a equipe composta por Vicente Lenilson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Gomes Moreira (Codó) terminou a prova em quarto lugar e, com a suspensão de Nesta Carter, por doping, subiu um degrau no pódio.

Com a punição o ouro ficou com Trinidad e Tobago (originalmente em segundo lugar) e a prata com o quarteto do Japão (terceiro colocado em 2008).

Nesta Carter é atleta da Jamaica e competiu ao lado de Usain Bolt, Michael Frater e Asafa Powell no revezamento 4x100 masculino. Em re-teste de doping do ano de 2016, o atleta de 33 anos foi pego com substância proibida no corpo e teve a medalha de toda a sua equipe suspensa.

Equipe Jamaicana tinha sido ouro nos Jogos Olímpicos 2008, na prova de revezamento 4x100 masculino
Reprodução
Equipe Jamaicana tinha sido ouro nos Jogos Olímpicos 2008, na prova de revezamento 4x100 masculino

No início de 2017, Carter entrou com recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, mas seu pedido foi rejeitado em última instância. Dessa forma, a equipe devolveu as medalhas e os diplomas recebidos.

Leia também:  No Dia da Família, conheça 10 famílias que fazem sucesso no esporte brasileiro

A delegação brasileira de atletismo já esperava o anúncio da medalha de bronze há seis meses. O presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Warlindo Carneiro da Silva Filho, comentou a oficialização do COI.

“A decisão já era esperada e agora temos a confirmação, com o comunicado oficial do COI ao COB. Parabéns aos nossos atletas por esta grande conquista”, disse Warlindo ao site oficial da Confederação. A cerimônia de entrega das medalhas ao quarteto de brasileiros ainda será marcada pelo COB e a CBAt.

Em decisão similar, a equipe feminina do revezamento, composta por Rosângela Santos, Lucimar Moura, Rosemar Coelho Neto e Thaissa Presti, recebeu em março a medalha de bronze dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, após doping da Rússia.

Leia também:  Com sucesso na Copa do Mundo, Mbappé inspira nomes de bebês brasileiros

Com a redistribuição de medalhas, o Brasil chegou ao número de 17 medalhas conquistadas nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008: três ouros, quatro pratas e dez bronzes. Dessa forma, iguala as medalhas de Londres 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.