undefined
Reprodução
Kelly Catlin era uma ciclista de destaque nos Estados Unidos

A ciclista Kelly Catlin, tricampeã mundial e uma das mais famosas do ciclismo norte-americano, foi encontrada morta na última semana em sua casa. Segundo a revista "VeloNews", a atleta de 23 anos cometeu suicídio.

Leia também: Mestre de jiu-jitsu é executado no Rio de Janeiro ao chegar em casa

morte  da  ciclista  aconteceu na sexta-feira (08), mas o caso só foi divulgado hoje (11) na imprensa norte-americana.

"Não há um minuto que passe sem que nós não pensemos nela e na maravilhosa vida que ela podia ter vivido", disse o pai de  Kelly Catlin , Mark, em entrevista à "VeloNews".

Leia também: Família de Emiliano Sala pode não receber indenização por erro do Cardiff

Entre 2016 e 2018, a atleta auxiliou a equipe dos Estados Unidos a vencer três títulos Mundiais de ciclismo em pista, na categoria perseguição por equipes. Nesta mesma modalidade, Catlin também conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Já individualmente, a norte-americana ganhou duas medalhas de bronze nos Mundiais de Ciclismo em pista dos anos de 2017 e 2018.

O presidente da USA Cycling, Rob DeMartini, afirmou que está "profundamente triste" com a morte de Kelly Catlin, que ainda tão jovem já havia conquistado diversas medalhas.

Leia também: Testemunha do assassinato de Daniel recebeu ameaças de morte, diz advogado

Fora das pistas, a  ciclista  estava fazendo uma pós-graduação em engenharia matemática e computacional na universidade de Stanford, na Califórnia. Além disso, Catlin era formada em matématica e chinês.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários