Tamanho do texto

Um dos principais nomes do ciclismo norte-americano, Catlin foi medalhista de prata nos Jogos Olímpicos realizados no Rio de Janeiro em 2016

Kelly Catlin era uma ciclista de destaque nos Estados Unidos
Reprodução
Kelly Catlin era uma ciclista de destaque nos Estados Unidos

A ciclista Kelly Catlin, tricampeã mundial e uma das mais famosas do ciclismo norte-americano, foi encontrada morta na última semana em sua casa. Segundo a revista "VeloNews", a atleta de 23 anos cometeu suicídio.

Leia também: Mestre de jiu-jitsu é executado no Rio de Janeiro ao chegar em casa

morte  da  ciclista  aconteceu na sexta-feira (08), mas o caso só foi divulgado hoje (11) na imprensa norte-americana.

"Não há um minuto que passe sem que nós não pensemos nela e na maravilhosa vida que ela podia ter vivido", disse o pai de  Kelly Catlin , Mark, em entrevista à "VeloNews".

Leia também: Família de Emiliano Sala pode não receber indenização por erro do Cardiff

Entre 2016 e 2018, a atleta auxiliou a equipe dos Estados Unidos a vencer três títulos Mundiais de ciclismo em pista, na categoria perseguição por equipes. Nesta mesma modalidade, Catlin também conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Já individualmente, a norte-americana ganhou duas medalhas de bronze nos Mundiais de Ciclismo em pista dos anos de 2017 e 2018.

O presidente da USA Cycling, Rob DeMartini, afirmou que está "profundamente triste" com a morte de Kelly Catlin, que ainda tão jovem já havia conquistado diversas medalhas.

Leia também: Testemunha do assassinato de Daniel recebeu ameaças de morte, diz advogado

Fora das pistas, a  ciclista  estava fazendo uma pós-graduação em engenharia matemática e computacional na universidade de Stanford, na Califórnia. Além disso, Catlin era formada em matématica e chinês.