Tamanho do texto

O Laureus premia os melhores esportistas do ano. Medina e Maya Gabeira concorriam na categoria de ação, mas foram superados pela americana Chloe Kim, do snowboard; Veja abaixo todos os vencedores das onze categorias

Premiação anual, o Laureus é considerado o Oscar do Esporte
Reprodução
Premiação anual, o Laureus é considerado o Oscar do Esporte

Nesta segunda-feira (18), aconteceu o Laureus World Sports Awards, uma premiação entregue aos melhores atletas do ano. Considerado um ‘Oscar do Esporte’ o evento foi apresentado pelo ator americano James Marsden.

Leia também:  Mãe de lutador Rayron Grace é espancada brutalmente no Rio de Janeiro

A premiação de 2019 aconteceu em Mônaco, na França, e o primeiro vencedor da noite foi a seleção francesa de futebol. Concorrendo como time do ano, os campeões mundiais em 2018 superaram o Golden State Warriors (basquete), o time do Real Madrid, a seleção de inverno da Noruega, o time da Mercedes (Fórmula 1) e o time europeu da Ryder Cup (golfe).

O segundo anúncio da noite foi o de Personalidade de Ação do ano. A categoria contava com dois brasileiros: Gabriel Medina e Maya Gabeira, ambos do surfe.

A vencedora foi Chloe Kim, americana do snowboard campeã olímpica em PyeongChang no início de 2018. Shawn White (snowboard), Stephanie Gilmore (surfe) e Anna Gasser (esqui) completavam a lista de indicados.

Chloe Kim foi a vencedora da categoria 'Personalidade de ação', em que Medina e Maia concorriam na premiação
Reprodução
Chloe Kim foi a vencedora da categoria 'Personalidade de ação', em que Medina e Maia concorriam na premiação

Após anunciar recentemente sua aposentadoria do esporte, a esquiadora Lindsey Vonn foi a vencedora no ‘espírito do esporte’, uma categoria de homenagem do Laureus . A americana é recordista em vitórias na Copa do Mundo da modalidade e uma das maiores esquiadoras profissionais dos Estados Unidos.

Leia também:  Mulher de Icardi chora ao vivo na TV ao falar de crise com a Inter de Milão

Aplaudida de pé, Lindsey agradeceu o prêmio e disse que sentirá saudade desses momentos. “Estou honrada por estar aqui. É muito triste deixar meu esporte, mas eu sei que é necessário e estou pronta para o novo capítulo da minha vida”, disse emocionada.

Na categoria ‘Breakthrough of the Year’ que premia os maiores feitos do ano, a vencedora foi Naomi Osaka, campeã do Us Open 2018 e do Australian Open no mês passado. A jovem de 21 anos é a primeira japonesa a conquistar o número 01 do ranking de tênis.

Em categorias de homenagens, o recordista mundial em maratona, Eliud Kipchoge, venceu o ‘Academy Expectional Achievement’. O queniano de 34 anos de idade é considerado o maior corredor da atualidade. Já no ‘Lifetime Achievement’, o ex-treinador do Arsenal, Arsene Wenger foi lembrado.

No prêmio para esportistas com deficiência, a eslovena Henrieta Farkasova foi a vencedora. Ela é deficiente visual e em 2018 conquistou sua sexta medalha de ouro no esqui alpino nos Jogos Olímpicos de PyeongChang, na Coreia do Sul.

No ‘momento do esporte’ do ano, o vencedor foi o biamputado Xia Boyu. O chinês de 69 anos escalou o Monte Evereste no ano passado.

Tiger Woods venceu o Tour Championship de 2019 em meio a multidão
Reuters
Tiger Woods venceu o Tour Championship de 2019 em meio a multidão

A ‘volta do ano’ foi para Tiger Woods, o  golfista americano venceu o Tour Championship de 2018 após cinco anos sem competir. Tiger estava afastado após um escândalo sexual vir a tona nos EUA e por problemas nas costas, no qual ele fez quatro cirurgias para correção.

A premiação de Esportista Feminina do Ano ficou com Simone Biles, da ginástica artística dos Estados Unidos. Na modalidade masculina, o tenista Novak Djokovic foi quem ficou com a estatueta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas