Tamanho do texto

Acusado de agredir a esposa Rachael Ostovich, Arnold Berdon deixou a prisão depois de pagar fiança e não irá responder por tentativa de homicídio

O caso que envolve a lutadora do UFC Rachael Ostovich ganhou um novo capítulo nesta sexta-feira. Segundo o site MMA Fighting , o marido da atleta, Arnold Berdon, que estava preso por tentativa de homicídio, pagou fiança de 75 mil dólares (cerca de R$ 287 mil) e foi solto.

Leia também: Lutadora do UFC detalha agressão do marido: "eu engasguei tentando respirar"

Arnold Berdon foi acusado de agredir sua esposa, Rachael Ostovich, que é lutadora do UFC
Divulgação
Arnold Berdon foi acusado de agredir sua esposa, Rachael Ostovich, que é lutadora do UFC

Isso aconteceu porque a polícia mudou a acusação contra o suspeito de agredir a lutadora peso-mosca (categoria até 57kg). Anteriormente ele havia sido acusado de homicídio e agora, de acordo com o Departamento de Polícia de Honolulu, ele deve responder por agressão em segundo grau.

Apesar de ter sido solto, Arnold Berdon continua tendo que se manter a, pelo menos, 30 metros de distância de Rachael e de sua filha de 5 anos. Ao site TMZ Sports , a família do acusado informou que ele ira alegar legítima defesa.

Leia também: Lutadora do UFC é internada com osso da face quebrado após violência doméstica

Em depoimento dado à polícia, a lutadora de 27 anos revelou que não foi a primeira vez que teve medo do marido e que ele já havia a agredido em outras ocasiões, a última em maio deste ano. Os dois casaram em abril de 2017 e tem uma filha juntos, a pequena Ruby Rose.

No depoimento aos investigadores, Rachael  Ostovich disse que as agressões começaram depois que o casal retornou de um passeio em família. “Ele me socou repetidamente na cabeça, no rosto e nas costelas, me fazendo cair no chão”, afirmou.

“Eu engasguei enquanto tentava respirar e escapar pela nossa cozinha. Eu tossi sangue e vomitei repetidas vezes”, acrescentou Rachael.

Leia também: Ex-jogadora de vôlei dos EUA é esfaqueada por cunhado e está em estado grave

Em janeiro, ela faria uma luta contra a norte-americana Paige Van Zant. Devido aos graves ferimentos da lutadora , o evento foi adiado e não tem data para acontecer. Ostovich tem um cartel de quatro vitórias e quatro derrotas.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.