Tamanho do texto

Rachael Ostovich foi agredida no último sábado (17). A atleta deu entrada no hospital de Honolulu, no Havaí, com diversas lesões graves

A lutadora Rachael Ostovich foi vítima de violência doméstica no Havaí
Reprodução
A lutadora Rachael Ostovich foi vítima de violência doméstica no Havaí

No último fim de semana, a lutadora peso mosca do UFCRachael Ostovich virou notícia no mundo inteiro por ter sofrido violência doméstica e ter dado entrada no hospital do Havaí com o osso orbital da face quebrado.

Dias após o ocorrido, o site TMZ.com publicou algumas partes do depoimento que a lutadora deu à polícia sobre a violência doméstica que vinha sofrendo do marido, o também lutador de MMA Arnold Berdon, que foi preso nessa semana por tentativa de homicídio.

Segundo Rachael, essa não foi a primeira vez que ela teve medo do marido. Ele já tinha batido nela em outras ocasiões, a última em maio deste ano. Os dois estão casados desde abril do ano passado e têm uma filha juntos, a pequena Ruby Rose.

Leia também:  Medalhista olímpica no vôlei, americana é atacada a facadas pelo cunhado

No depoimento aos investigadores, Rachael disse que as agressões começaram depois que o casal retornou de um passeio em família. “Ele me socou repetidamente na cabeça, no rosto e nas costelas, me fazendo cair no chão”, afirmou.

O casal está casado desde abril de 2017 e tem uma filha de 5 anos. Rachael era vítima de violência doméstica há algum tempo
Reprodução/ Instagram
O casal está casado desde abril de 2017 e tem uma filha de 5 anos. Rachael era vítima de violência doméstica há algum tempo

“Eu engasguei enquanto tentava respirar e escapar pela nossa cozinha. Eu tossi sangue e vomitei repetidas vezes”, disse Rachael.

De acordo com informações do site americano, a lutadora pediu uma ordem restritiva que impede Arnold de chegar a menos de 30 metros dela e da filha do casal. Rachael já foi liberada do hospiral e está se recuperando em casa.

Em janeiro, ela faria uma luta contra a norte-americana Paige Van Zant. Devido aos graves ferimentos da atleta, o evento foi adiado e não tem data para acontecer. Ostovich tem um cartel de quatro vitórias e quatro derrotas.

Leia também:  Lutador de wrestling é atingido na cabeça por bloco de concreto durante luta

Acusado de  violência doméstica no Havaí,  o marido de Rachael pode pegar prisão perpétua. Mas, os advogados de defesa do lutador devem argumentar que a briga não foi iniciada por ele e que Arnold agiu em legítima defesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.