Alex Telles durante entrevista coletiva da seleção brasileira
Reprodução / Mowa Press
Alex Telles durante entrevista coletiva da seleção brasileira

O lateral-esquerdo Alex Telles concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (18) ao lado do atacante David Neres após o primeiro treino da seleção brasileira em Portugal antes dos amistosos contra Panamá e República Tcheca.

Leia também: Brasileiro é alvo de racismo na Rússia: "é ridículo pessoas de cor na seleção"

A dupla foi convocada por Tite para substituir Filipe Luís e Vinicius Junior, que precisaram ser cortados por conta de lesão. Com cidadania italiana, o lateral da seleção brasileira revelou que esperava ter sido chamado para defender a 'Azzurra'.

"Se eu disser que eu não esperava ser chamado pela seleção italiana ia estar mentindo, mas a seleção brasileira era o sonho de criança, meu maior sonho", revelou Alex Telles .

O lateral falou também sobre a expectativa de entrar em campo no amistoso contra Panamá, que acontecerá no estádio do Dragão, casa do Porto, sua atual equipe.

"Não sei se vou jogar sábado. Se eu conseguir estrear no Dragão. O (técnico) Sérgio Conceição me ajudou muito, tenho uma admiração e um respeito muito grande. Sempre espero o melhor porque são jogadores de altíssimo nível. O público vai lotar o estádio do Porto. Vai ser um privilégio para mim", disse.

Você viu?

Leia também: Após recomendação, Fifa aprova VAR na Copa do Mundo de futebol feminino

Questionado sobre suas condições de disputar a posição com os outros laterais que são frequentemente chamados por Tite, o atleta pregou respeito, mas afirmou estar em sua melhor forma.

"Acho que estou no meu melhor momento. Tenho um respeito pelos 3... Marcelo é um espelho, o Filipe, que ele volte logo. O Alex Sandro eu já conheço do Porto. É trabalhar e estar sempre disponível", disse.

Leia também: Convocado para seleção, David Neres revela não ter atendido ligações de Tite

Além de Alex Telles e David Neres, Tite precisou chamar o lateral-direito Fágner para o lugar de Daniel Alves, que sofreu lesão no joelho esquerdo. A seleção brasileira enfrenta o Panamá no dia 23 de março. Já no dia 26, a adversária será a República Tcheca, em Praga.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários