Tamanho do texto

CBF estuda amistosos no mês de junho para os Estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul em preparação para a 46ª edição da Copa América

Brasil voltará ao Maracanã em um dos amistosos depois de título das Confederações em 2013
Reprodução
Brasil voltará ao Maracanã em um dos amistosos depois de título das Confederações em 2013

De acordo com o blog Panorama Esportivo, do jornal O Globo, a CBF estuda realizar amistosos da seleção brasileira na cidade do Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul no ano que vem. As partidas estariam inclusas na preparação da equipe para a disputa da Copa América 2019.

Leia também:  Pelé revela puxão de orelha em Neymar após a Copa e receio da morte. Leia +

Um dos amistosos será no Maracanã, onde a seleção brasileira não atua desde 2013 quando venceu a Espanha por 3 a 0, na final da Copa das Confederações. A equipe não passou pelo Rio durante a Copa do Mundo de 2014.

O segundo jogo provavelmente acontecerá no Estádio Beira-Rio, casa do Internacional. Segundo o jornalista Rafael Oliveira, a opção colorada deve-se ao fato de que a Arena do Grêmio está no calendário da Copa América e a CBF gostaria de equilibrar as importâncias no Estado.

A 46ª edição da Copa América começa no dia 14 de junho de 2019 no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Dessa forma, as duas partidas amistosas acontecerão antes dessa data. Não foram informados os adversários e nem os dias das partidas.

Leia também:  Beckham inicia conversas e quer contratar Neymar para seu time nos EUA

O coordenador de seleções da CBF , Edu Gaspar, disse que a Confederação ainda está procurando os possíveis adversários da seleção na data Fifa de março, disputada na Europa.

“Entre as seleções que vão estar disponíveis nas datas de março, nem todas são de primeiro nível. No meu ponto de vista, só Alemanha e Dinamarca. Vamos continuar estudando, avaliando, para poder jogar com adversário do maior nível possível para nos prepararmos bem para a Copa América”, comentou.

Quando a seleção voltar ao Maracanã será a primeira vez que o técnico Tite se apresentará no mais famoso estádio do país. O treinador estreou na seleção brasileira depois da Copa do Mundo de 2014.

O Maracanã foi reformado por cerca de R$ 1.2 bilhão pela Odebrecht e pela Andrade Gutierrez. A obra entrou na investigação da Lava Jato e levou o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, à cadeia. Hoje ele está condenado a 45 anos e nove meses de prisão.

Leia também:  Pergunta para ganhadora da Bola de Ouro feminina causa polêmica

Os amistosos do ano que vem em solo brasileiro testará o caminho da seleção para conquistar o primeiro título na era Tite. O Brasil está invicto após o Mundial da Rússia, são seis vitórias em seis partidas e nenhum gol sofrido.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.