Tamanho do texto

Atacante deixou o dele na etapa inicial e ajudou na vitória sem brilho da seleção sobre a saudita; no último lance, Alex Sandro completou o placar

O Brasil venceu a Arábia Saudita por 2 a 0, em amitoso realizado nesta sexta-feira, no King Saud University Stadium, em Riade, capital do país árabe. Os gols da seleção brasileira foram marcados por Gabriel Jesus, que jogou pela primeira vez após a Copa do Mundo com a camisa verde e amarela, e por Alex Sandro, no último minuto do confronto.

Leia também: Usain Bolt marca duas vezes e é protagonista em goleada na Austrália; assista

Gabriel Jesus e Neymar se abraçam após camisa 9 marcar gol do Brasil sobre Arábia Saudita
Pedro Martins / MoWA Press
Gabriel Jesus e Neymar se abraçam após camisa 9 marcar gol do Brasil sobre Arábia Saudita

Quem esperava uma vitória elástica do Brasil sobre a Arábia Saudita se decepcionou. A seleção de Tite, que começa a trocar algumas peças já de olho no novo ciclo, não apresentou um futebol vistoso e, por conta do nível do adversário, poderia ter feito mais. O segundo gol, no último lance da partida, deixou o placar menos feio.

Como foi a vitória do Brasil

Jogadores do Brasil se abraçam após o segundo gol em amistoso
Pedro Martins / MoWA Press
Jogadores do Brasil se abraçam após o segundo gol em amistoso

O confronto que parecia fácil, começou complicado. A primeira boa chance da seleção brasileira foi aos 11 minutos com Neymar. O camisa 10 chuteou, a bola bateu no goleiro e ele não conseguiu chegar para completar para o gol. Aos 19, em pancada com a perna esquerda, o atacante jogou a bola para fora.

Aos 25 minutos, Gabriel Jesus desviou de cabeça após cobrança de falta de Neymar e o goleiro Al-Owais fez grande defesa, evitando o primeiro. Aos 42, no entanto, Marquinhos recuperou bola, tocou para Neymar, que deu lindo passe em direção ao camisa 9.

Na cara do gol, o maior artilheiro da era Tite tocou na saída do goleiro e abriu o placar. Quatro minutos mais tarde o árbitro encerrou a partida.

Leia também: Reconhecimento facial é usado no Uruguai para inibir violência nos estádios

Lucas Moura entrou no lugar de Fred no intervalo e a primeira chance da etapa final foi dele. Aos seis minutos, Neymar fez ótima jogada individual e deixou o atacante do Tottenham livre na área, mas o goleiro Al-Owais defendeu.

Três minutos depois, novamente Neymar tentou em jogada solo. Desta vez ele trouxe da direita para o meio e bateu com a canhota, mas a bola raspou na trave e saiu.

A partida passou a ficar travada e sem chances para ambos os times. Somente aos 42 uma nova chance foi criada, em faltam na entrada da área cobrada por Neymar, mas que bateu na barreira. Na cobrança de escanteio, o camisa 10 colocou na cabeça de Walace, que finalizou para fora.

No último lance do jogo, aos 51 minutos, Neymar cobrou escanteio pelo lado direito e encontrou Alex Sandro, que subiu mais que a zaga e cabeceou firme para o fundo das redes. Logo na sequência, o árbitro encerrou o duelo em Riade.

Ficha técnica de Arábia Saudita 0 x 2 Brasil

Arábia Saudita: Al-Owais, Al-Burayk (Al-Muwallad, aos 27'/2ºT), Omar Hawsawi, Al-Boleahi e Al-Shahrani; Al-Mogahwi (Ghaleb, aos 46'/2ºT), Ateef, Al-Faraj; Al-Bishi (Al-Shehri, aos 34'/2ºT), Al-Dawsari (Sulaimani, aos 45'/2ºT) e Bahbir (Malayekah, aos 41'/2ºT).
Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Brasil: Ederson, Fabinho, Marquinhos, Pablo e Alex Sandro; Casemiro (Walace, aos 19'/2ºT), Fred (Lucas Moura, no intervalo) e Renato Augusto; Philippe Coutinho (Arthur, aos 26'/2ºT), Neymar e Gabriel Jesus (Richarlison, 27'/2ºT).
Técnico: Tite.

Leia também: Palmeiras consegue liberação de Mayke e Diogo Barbosa após suspensão

O próximo amistoso do Brasil será terça-feira contra a Argentina.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.