Neymar
Lance!
Neymar

O desfalque de Neymar nas oitavas de final da Champions League  não foi muito bem engolido pela imprensa francesa. Com um histórico ruim em relação a jogos decisivos pela competição - ficou de fora contra o Real Madrid em 2018 e o Manchester United em 2019 -, o brasileiro foi questionado pelo L'Équipe, um dos principais jornais daquele país, após a confirmação que não enfrenta o Barcelona.

Embora não culpem o jogador por sua má sorte, uma reportagem aponta que o estilo de vida agitado de Neymar pode ser parte do problema. Em um dos trechos, os franceses falam sobre como o brasileiro leva a vida fora do centro de treinamento e dos campos.

“Sério, diligente e rigoroso nos treinos, o brasileiro acredita, talvez com demasiada frequência, que o seu trabalho acaba na saída do Parc des Princes ou do Camp des Loges, depois de terminados os jogos ou treinos”, apontou a reportagem.

O jornal aproveitou para lembrar de um depoimento recente do jogador, no qual o brasileiro falou que as festas são "uma oportunidade para relaxar" e que "é algo que nunca desistirei”.

A reportagem também lembrou do aniversário de irmã Rafaella, que completa 25 anos em 11 de março, comparando o modo de vida de Neymar com estrelas como Messi e Cristiano Ronaldo. "Outros grandes jogadores, Leo Messi e Cristiano Ronaldo, por exemplo, não celebram os seus aniversários com grande pompa. E na próxima semana, os dois Bola de Ouro vão poder defender suas cores na Champions League. Ao contrário de Neymar", apontou.

Você viu?

De acordo com a publicação, os questionamentos contra Neymar vem acompanhado de uma crença dentro do PSG. A reportagem aponta que, internamente, alguns integrantes do clube consideram que as poucas horas de sono, a má alimentação e hidratação de Neymar não estão dentro do que é exigido por um atleta de alto nível e podem estar ajudando nas contusões, embora lembrem das entradas dos rivais, das quais o próprio Neymar se queixou recentemente  e que não deixam de ter um fundo de verdade .

Mas, o 'L'Équipe' não é o único veículo que se refere ao estilo de vida de Neymar como um problema. O 'Le Parisien' entrevistou Jean-Bernard Fabre, doutor em fisiologia, especialista em mecanismo de fadiga, que não mediu palavras sobre a questão.

“É uma loucura que isso tenha ocorrido (falando da nova lesão). É muito frágil. Quando ocorre em um ano, pode-se dizer que é azar, mas acontece todos os anos. Não há segredo no alto rendimento. Você pode ter azar, mas a experiência mostra que para todos os atletas, seja qual for o esporte, o que segue uma determinada diretriz não se lesiona. Nikola Karabatic, jogador de handebol, não se lesiona há muito tempo porque teve um estilo de vida saudável, rigor nos treinos. Federer e Nadal fazem o que for preciso porque entende que cada dia é importante para construir uma carreira entre os grandes”, defende.

O Dr. Fabre ainda continuou, quando questionado sobre o que pensa que tudo aconteceu quatro dias depois de Neymar ter gastroenterite após o seu aniversário. “Não é uma questão simples, tem que contextualizar. É um momento que está muito frio e é um bom hora para lesões musculares. É um monte de coisas. Mesmo tendo problemas de estômago, você pode ter dado uma festa de aniversário também, não foi para a cama cedo e provavelmente bebeu um pouco de álcool", apontou.

Da mesma forma, ele também comparou Neymar com Messi e Cristiano. “Não conheço o Neymar, mas parece que, apesar de tudo, algo está errado. E é isso que faz a diferença entre ele e outras pessoas do seu nível como Messi e Ronaldo. Eles nunca se machucam. Neymar é tão talentoso quanto eles", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários