Neymar celebra seu gol com Mbappé
L'Equipe / Divulgação
Neymar celebra seu gol com Mbappé

O PSG, vice-campeão da última Champions League, vive uma fase ruim no que diz respeito a saúde dos jogadores. Após a confirmação que Neymar , o também  brasileiro Marquinhos e outros atletas do PSG estavam com coronavírus , agora foi a vez do craque Mbappé  apresentar resultado positivo.

O jogador passou por um teste de PCR na concentração da seleção francesa, durante a Liga das Nações, e o resultado foi confirmado. Diante disso, o jogador abandonou imediatamente a concentração para evitar mais infecções, embora horas antes tivesse treinado com o restante do elenco, sem o distanciamento de segurança adequado e também sem máscara.

A notícia foi publicada no site da Federação Francesa de Futebol até que acabou no celular de Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain, que tomou conhecimento do fato pela imprensa e não pela boca da própria Federação. Leonardo, então, ligou para Mbappé, que confirmou o fato.

A situação deixou o brasileiro irritado. "Acho inaceitável que tenhamos que saber de uma situação como essa pela imprensa. Ninguém da Federação nos comunicou nada. Parece-me incrível porque todo mundo sempre dá lições de moral ao PSG", disse.

Agora, Mbappé terá que passar por duas semanas de isolamento e passar por novos testes para poder jogar e treinar novamente. O certo é que o francês perderá o jogo desta terça-feira contra a Croácia e os dois próximos jogos do PSG, contra o Lens (quinta-feira) e o clássico de domingo contra o Olympique de Marseille .

    Veja Também

      Mostrar mais