Tamanho do texto

Brasil irá sediar duas grandes competições de futebol em 2019 e se prepara para receber final da Libertadores 2020 e Copa do Mundo feminina em 2023

bolsonaro e gianni infantino, da Fifa
Ansa
Presidente Bolsonaro recebeu o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em Brasília para discutirem sobre futebol

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Fifa, Gianni Infantino, se encontraram nesta quarta-feira (10) no Palácio do Planalto, em Brasília, para discutirem sobre futebol.

Leia também: Com gol de David Neres, Ajax empata com Juve na Champions; Barça vence

Na reunião, que também estavam os presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, e da Conmebol, Alejandro Domínguez, foi discutida diversos temas como a Copa América de 2019 e a Copa do Mundo Fifa Sub-17, já que ambas serão disputadas no Brasil.

"Foi uma visita positiva, o presidente Bolsonaro é fã de futebol e pudemos falar da importância social e econômica do futebol no Brasil e no mundo", disse Infantino.

O empresário suíço-italiano ainda declarou que o Brasil estará neste ano "no centro do mapa do mundo do futebol".

Leia também:  Real Madrid começa investida por Paul Pogba; United tenta segurar meia

A Copa América 2019 acontecerá entre os meses de junho e julho em cinco cidades do país: Rio de Janeiro (Maracanã), São Paulo (Estádio do Morumbi e Arena Corinthians), Belo Horizonte (Mineirão), Porto Alegre (Arena do Grêmio) e Salvador (Arena Fonte Nova).

Já o Mundial sub-17, que originalmente seria disputado no Chile, acontece entre os meses de setembro e outubro. Detalhes sobre cidades sede, estádios incluídos na competição e vendas de ingressos aos torcedores não foram revelados ainda.

Leia também: Ex-presidente do United compara Messi a Pelé e diz que Neymar "cai demais"

Além de sediar a Copa do Mundo Fifa de futebol masculino em 2014 e neste ano ser palco de duas grandes competições da modalidade, o Brasil também é candidato para receber a final única da Copa Libertadores da América de 2020 e a Copa do Mundo feminina de 2023.