Pavel foi autor de críticas contra o brasileiro Ari. O racismo e xenofobia do atleta do FK Ural espantaram o mundo do futebol
Getty Images
Pavel foi autor de críticas contra o brasileiro Ari. O racismo e xenofobia do atleta do FK Ural espantaram o mundo do futebol

Após proferir ofensas racistas ao brasileiro Ari , o jogador do KR Ural, da Rússia, Pavel Progrebnyak, foi multado pela Federação Russa de Futebol em 250 mil rublos (cerca de R$ 15,3 mil, na cotação atual).

O Comitê de Ética da RFU foi o responsável por analisar o caso. Notificado sobre a punição, Pavel aceitou a multa sem questionamentos e afirmou que não teve a intenção de ofender negros, mas acredita que estrangeiros, assim como Ari , não deviam ser convocados para a seleção.

Relembrando o caso: Depois do atacante Ari, do Krasnodar, ter sido convocado para seleção russa pela segunda vez em menos de um ano, Pavel deu a seguinte declaração para o site Sport Express .

“Porque deram um passaporte russo a Ari? Nesta posição nós temos Igor Smolnikov. Poderíamos muito bem seguir sem estrangeiros (na seleção). É ridículo que pessoas de cor joguem na seleção russa ”.

Leia também:  Escalação irregular de brasileiro pode tirar pontos da Ucrânia nas eliminatórias

Você viu?

A declaração não foi bem recebida pelo Departamento de Luta contra a Discriminação da União de Futebol da Rússia e o representante do órgão, Alexandr Baranov, saiu em defesa de Ari dizendo que “não se pode definir o lugar de um futebolista em uma seleção baseando-se na cor da pele”.

Em entrevista ao site Torcedores.com , Ari comentou a fala de Pavel. “É triste pensar que nos dias de hoje ainda exista algo assim. Um cara desses nem merece atenção. É só mais um caso entre tantos que já tive que lidar. Passei por tantas dificuldades já que isso nem me preocupa, apenas me fortalece”, explicou.

Atacante brasileiro Ari foi chamado para defender a seleção russa pela 1ª vez no fim do ano passado
Divulgação
Atacante brasileiro Ari foi chamado para defender a seleção russa pela 1ª vez no fim do ano passado

Atualmente a seleção russa conta com três brasileiros naturalizados: Ari, o lateral direito Mário Fernandes e o goleiro Guilherme.

Leia também:  Jogadores ingleses repudiam racismo em vitória contra Montenegro; veja

Pavel Progrebnyak tem 35 anos e defendeu a seleção da Rússia entre 2006 e 2012. Em sua passagem participou de 33 jogos e marcou oito gols. O atacante do Ural está sendo investigado por outra ofensa racista, além da de Ari , e pode perder o restante da temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários