Tamanho do texto

Treinador nega favoritismo de sua equipe, mesmo após vitória na partida de ida contra o Schalke 04, fora de casa: "Em 90 minutos muito pode acontecer"

Atual campeão e líder do Campeonato Inglês, o Manchester City tem como principal objetivo na temporada conquistar a Liga dos Campeões. Para o técnico Pep Guardiola, porém, sua equipe precisa ainda de mais experiência para que a missão seja cumprida.

Leia também: Zidane será anunciado como novo treinador do Real Madrid nas próximas horas

Para Guardiola, Manchester City ainda é
Divulgação/ManCity
Para Guardiola, Manchester City ainda é "adolescente" na Liga dos Campeões

"Somos adolescentes nesta competição, é isso que sinto, não é uma desculpa. Queremos ganhar, trabalhamos para isso, e é bom sentir esta pressão. Temos de sonhar e apontar o mais alto possível, mas temos de aceitar que há outras equipes que pensam da mesma forma", afirmou Pep Guardiola em coletiva de imprensa.

"Podemos dar mais um passo essa temporada, mas precisamos de 20 ou 30 anos... Não podemos negar: se chegarmos às fases decisivas daremos outros passos, mas eu acho que se comparado com outras equipes, um sucesso não altera nada", acrescentou o treinador.

Leia também: Convocado para seleção, David Neres revela não ter atendido ligações de Tite

Para salientar ainda mais sua opinião sobre a dificuldade que é vencer a maior competição de clubes do mundo, o espanhol lembrou a eliminação do Real Madrid, que era favorito em suas chave contra o Ajax, ainda mais após vencer o confronto de ida.

"As pessoas pensam que é fácil. Imaginam o que é estar entre as oito melhores equipes na Europa? Pensam que por o Real Madrid já não estar a conquista do troféu se torna mais fácil? Naturalmente, achava que eles eram favoritos, mas continua a haver equipas incríveis para vencer", ponderou.

O Manchester City venceu, fora de casa, o Schalke 04 por 3 a 2, na primeira partida e nesta terça-feira, no Etihad, recebe os alemães em busca de uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões . Para Pep, no entanto, os Citizens precisam de cuidado para confirmar a vaga.

Leia também: Centurión chora e admite: "Há algo na minha cabeça que não funciona bem"

"São 90 minutos em que muito pode acontecer e ainda temos muito trabalho a fazer. Há uma semana, ninguém esperava que o PSG ou o Real Madrid caíssem. Temos de fazer um esforço incrível em situações épicas para seguirmos em frente. Vamos procurar fazer um jogo perfeito e fazer tudo para seguir em frente", finalizou Guardiola .

    Leia tudo sobre: futebol