Centurión causou confusão ao sair de boate. O atleta é o centro de crise no Racing
Getty Images
Centurión causou confusão ao sair de boate. O atleta é o centro de crise no Racing

Após se envolver em mais uma confusão na última quarta-feira (06), o meia Ricardo Centurión, ex-São Paulo, foi afastado pelo Racing, seu atual clube, e desabafou sobre as recorrentes confusões em que se envolve.

Leia também: Torcedores destroem carros de jogadores após derrota no Campeonato Italiano

“Há algo na minha cabeça que não funciona bem para tomar decisões num segundo. E se me perguntar o porquê, não sei. Vou e faço sem saber que no outro dia meu nome e sobrenome aparecem em todos os lados”, disse Centurión no último domingo (10), em entrevista à TyC Sports.

Chorando, o jogador reclamou também da repercussão negativa de seus atos e da maneira como é tratado sem país.

“Em que mundo estamos? O que é o meu sobrenome? Eu vendo tanto assim? Eu posso ver o que se fala na televisão, mas minha família, não. Viram a cara para mim como se eu tivesse matado alguém”, afirmou.

Leia também: Jogador é agredido por torcedor rival e marca gol da vitória em clássico inglês

Você viu?

Centurión admitiu também que se deslumbrou com as portas abertas pelo mundo do futebol, e reconheceu que se continuar agindo desta maneira, nunca atingirá seus objetivos como jogador profissional.

“Vai fazer seis anos que desde que estreei (como profissional). Me encontrei com um mundo superior ao que eu estava acostumado. Mas isso já passou há muito tempo. Não posso mais colocar como desculpa. Já foi. Às vezes, não consigo superar. Por lá, o mundo material não me faz sentir feliz. Sim, quero ser jogador de futebol, jogar uma Copa, mas se faço essas c..., impossível”, declarou.

Leia também: Cantona volta a provocar Neymar nas redes sociais: "É igual a churrasco"

Na última semana, o atleta quase atropelou duas pessoas ao sair de uma boate na Costanera Norte. De acordo com o jornal argentino Clarín , Centurión gastou 18 mil pesos (R$ 1.6 mil, na cotação atual) em bebidas alcoólicas e ao sair da boate tentou iniciar uma briga. Quando o jogador do  Racing  pegou seu carro para sair do local, quase atropelou duas pessoas, o que gerou mais confusão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários