undefined
Reprodução
Sterling marcou o último gol contra o Schalke 04, sem auxílio do VAR

Na rodada das oitavas de final que o árbitro de vídeo – VAR foi mais utilizado, o Schalke 04 perdeu do Manchester City por 3 a 2. Já o grande jogo entre Atlético de Madrid e Juventus ficou 2 a 0 para o time da casa.

Leia também:  Khedira passa por cirurgia no coração e desfalca a Juventus por um mês

O jogo na Alemanha foi marcado pela atuação do VAR . Aos 16 minutos do primeiro tempo, o City se lançou ao ataque e, após uma saída de bola errada do goleiro Fahrmann, Aguero abriu o placar para os visitantes.

O lance foi contestado pelos alemãos por uma falta no início da jogada do City, mas o árbitro confirmou o gol. Aos 31 minutos, a bola bateu no braço de Otamendi dentro da área e o árbitro, com ajuda do VAR, marcou pênalti. Bentaleb converteu a cobrança e empatou a partida.

Aos 42 minutos, Fernandinho segurou Sané na área em cobrança de falta e novamente foi assinalado pênalti. Bentaleb converteu e colocou o time alemão na frente do placar.

Na volta do intervalo, o City voltou mais incisivo, porém não conseguiu marcar o gol do empate. Aos 22 minutos Otamendi foi expulso após tomar o segundo cartão amarelo.

Leia também:  Documentário sobre reconstrução da Chapecoense abre festival na Espanha

Apesar de ter um a menos, os ingleses seguiram melhor na partida e aos 40 minutos Sané empatou a partida em cobrança de falta. Aos 44 minutos, Sterling marcou o gol da virada do Manchester City

undefined
Getty Images
Jímenez comemora gol do Atlético de Madrid em rodada marcada pelo VAR

O ‘grande jogo’ do dia entre Atlético de Madrid e Juventus também teve atuação do árbitro de vídeo no primeiro tempo. Em lance envolvendo Sciglio e Diego Costa, o árbitro inicialmente marcou pênalti, mas o lance foi fora da área. Ao consultar o VAR, o juiz voltou atrás e marcou apenas a falta.

Fora a remarcação de pênalti, no primeiro tempo apenas uma cobrança de falta de Cristiano Ronaldo, e uma de Griezmann, colocaram perigo para os goleiros. A partida foi bem jogada, mas as equipes ocuparam mais o meio de campo.

Na volta do intervalo a partida ficou mais agitada. Diego Costa teve boa chance aos quatro minutos e aos sete, Griezmann mandou uma bola no travessão. Aos 29 minutos, Morata marcou um gol de cabeça, mas o juiz verificou o lance no VAR e anulou por falta em Chiellini.

Mas aos 32 minutos, Jímenez finalmente abriu o placar para os donos da casa depois de cobrança de escanteio. Cinco minutos depois, Godín marcou o segundo gol da partida.

Leia também:  Marcelo se reúne com diretoria do Real e pode estar a caminho da Juventus

A volta das partidas dessa quarta-feira acontecem no próximo dia 12 de março. Juventus e Atlético de Madrid se enfrentam no Juventus Stadium, em Turim, e o Manchester City recebe o Schalke 04 no Etihad Stadium. Lembrando que o VAR continuará na Liga dos Campeões até a final no dia 01 de junho, na Espanha.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários