Tamanho do texto

Nesta sexta-feira (01), o técnico Roberto Mancini divulgou uma lista com 32 nomes de jogadores para sessões de treinos em 04 e 05 de fevereiro

Fabio Quagliarella, da Sampdoria, está em convocação pra sessão de treinos da seleção italiana
Ansa
Fabio Quagliarella, da Sampdoria, está em convocação pra sessão de treinos da seleção italiana

A novidade da convocação da seleção italiana para uma sessão de treinamentos nos próximos dias inclui a volta do atacante Fabio Quagliarella, da Sampdoria. O jogador está com 36 anos de idade e é o artilheiro da Série A.

Leia também: Arda Turan é julgado em Istambul por assédio sexual e agressão a cantor

O técnico Roberto Mancini anunciou nesta sexta-feira (1º) a convocação da seleção. A lista tem 32 jogadores que estarão entre os dias 4 e 5 de fevereiro, em Florença, para os treinos que tem como objetivo a preparação para os confrontos contra Finlândia (23 de março) e Liechtenstein (26 de março) pelas Eliminatórias da Eurocopa 2020.

Quagliarella, que completou 36 anos nesta quinta-feira (31), não era convocado desde outubro de 2015, nas Eliminatórias para a Eurocopa 2016, mas sua última partida com a camisa da Azzurra foi em novembro de 2010, em um amistoso contra a Romênia.

Na Sampdoria há duas temporadas, Quagliarella vem fazendo uma grande temporada e lidera a artilharia da Série A, com 16 gols, um a mais que o craque Cristiano Ronaldo (Juventus) e que Duván Zapata (Atalanta).

A lista da seleção italiana não inclui jogadores que atuam no exterior nem atletas de Frosinone, Lazio, Cagliari e Atalanta, que estarão em campo na segunda-feira (4).

O zagueiro da Juventus Giorgio Chiellini, que está entre os selecionados, deve ser cortado por causa de uma lesão sofrida no jogo contra a Atalanta, na última quarta-feira que o tirará dos campos por até 15 dias.

Leia também:  Benzema supera mexicano e é o 6º maior goleador da história do Real Madrid

Confira a convocação completa:

Goleiros : Gianluigi Donnarumma (Milan), Alex Meret (Napoli) e Salvatore Sirigu (Torino).

Defensores : Alessandro Bastoni (Parma), Cristiano Biraghi (Fiorentina), Giorgio Chiellini (Juventus), Andrea Conti (Milan), Domenico Criscito (Genoa), Mattia De Sciglio (Juventus), Alessandro Florenzi (Roma), Armando Izzo (Torino), Manuel Lazzari (Spal), Alessio Romagnoli (Milan) e Leonardo Spinazzola (Juventus).

Meio-campistas : Nicolò Barella (Cagliari), Marco Benassi (Fiorentina), Bryan Cristante (Roma), Roberto Gagliardini (Inter), Lorenzo Pellegrini (Roma), Stefano Sensi (Sassuolo), Sandro Tonali (Brescia) e Nicolò Zaniolo (Roma).

Atacantes : Domenico Berardi (Sassuolo), Federico Bernardeschi (Juventus), Federico Chiesa (Fiorentina), Stephan El Shaarawy (Roma), Roberto Inglese (Parma), Lorenzo Insigne (Napoli), Moise Bioty Kean (Juventus), Kevin Lasagna (Udinese), Matteo Politano (Inter) e Fabio Quagliarella (Sampdoria). 

Leia também:  Catar vence o Japão por 3 a 1 e é campeão da Copa da Ásia pela 1ª vez

Quem chama mais atenção nessa convocação do treinador Roberto Mancini?

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.