Tamanho do texto

De acordo com a equipe francesa, o brasileiro fará fisioterapia em casa e o prazo de retorno é de dois meses.

Neymar se lesionou no jogo contra o Strasbourg na última quarta-feira (23)
Reuters
Neymar se lesionou no jogo contra o Strasbourg na última quarta-feira (23)

Nesta terça-feira (29), Neymar Jr. passou por mais uma bateria de exames para diagnosticar a gravidade da lesão no quinto metatarso do pé direito, sofrida na última quarta-feira em jogo contra o Strasbourg, pela Copa da França.

Leia também: Com flores e faixas, Emiliano Sala é homenageado em jogo do Cardiff City

O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, acompanhou os novos exames ao lado de alguns integrantes do departamento médico do PSG. De acordo com o comunicado divulgado pelo PSG, Neymar fará um tratamento fisioterápico em casa.

Com o pé imobilizado e a fisioterapia, o departamento médico do PSG estipulou dois meses e meio para a reabilitação total do jogador.

O jornal francês L’Équipe , classificou a lesão de Neymar como "uma maldição", colocando a frase em destaque na revista desta terça-feira. Com o tempo fora, o camisa 10 desfalcará o Paris Saint-Germain no 'momento mais importante da temporada', como diz a publicação, a fase de mata-mata da Liga dos Campeões. 

Desde que o clube parisiense foi adquirido pelo bilionário Nasser Al-Khelaifi, em 2011, a maior ambição da equipe é a taça da Liga dos Campeões e a contratação de Neymar fazia parte dessa estratégia. O brasileiro se transferiu para o PSG em 2017, mas ainda não conseguiu levar a equipe ao título.

O L’Équipe também realizou um levantamento que compara o desempenho de Neymar na Europa. Baseado em dados do Transfermarkt , a publicação chegou a conclusão de que em quatro anos atuando pelo Barcelona , Neymar perdeu 21 jogos por falta de condição física (lesão e doença). Em média foi desfalque em 8,85 jogos da equipe espanhola.

Já no PSG, Neymar perdeu 26 partidas em apenas dois anos de contrato. Ele atuou em 53 partidas no clube e, na média, foi desfalque em 2,03 jogos na França.

Com a proximidade da Copa América que será realizada no Brasil entre junho e julho deste ano, o  técnico Tite se pronunciou nesta segunda-feira sobre a lesão do atacante. Segundo ele, Neymar não será convocado se não estiver 100% recuperado para a disputa.

Algumas pessoas acreditam que convocar o craque e leva-lo à Copa do Mundo de 2018, na Rússia, não foi seguro já que o jogador tinha realizado uma cirurgia em março e não estava plenamente recuperado.

Leia também:  Multicampeão, lateral Júnior retorna da aposentadoria e assina com o Formosa

Durante o tempo em que Neymar ficará ‘de molho’, o PSG enfrentará o Manchester United no dia 12 de fevereiro, na Inglaterra, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Quem será que vence o duelo?

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.