Tamanho do texto

Brasileiro foi eleito o destaque da partida diante do líder do Campeonato Egípcio: "Fico feliz por ajudar o Pyramids a continuar lutando pelo título"

Contando com mais uma ótima atuação de Keno, o Pyramids arrancou um empate em 3 a 3 no clássico contra o líder Zamalek, na última quinta-feira (24), fora de casa, em jogo atrasado da nona rodada do Campeonato Egípcio.

Leia também: Cobiçado pelo PSG, brasileiro Allan ficará no Napoli, garante Ancelotti

Com golaço e assistência de Keno, Pyramids empata clássico contra o Zamalek
Divulgação/Pyramids
Com golaço e assistência de Keno, Pyramids empata clássico contra o Zamalek

Como já virou rotina no país, Keno chamou a responsabilidade e foi eleito o destaque da partida com um golaço e uma assistência. Agora, o camisa 10 soma nove bolas na rede e seis passes decisivos em 20 exibições pelo clube africano.

“Nós sabíamos que era um jogo fundamental para o nosso futuro no campeonato e viemos pra ganhar, mas não conseguimos. Empatar com o Zamalek fora de casa não é um mau resultado e a gente segue na cola deles na tabela. Todo mundo acreditou até o final e estamos de parabéns. Fico feliz por seguir ajudando o Pyramids a continuar lutando pelo título. Agora temos que focar no próximo jogo”, afirmou o camisa 10.

Leia também: Copa América 2019: Confira quais serão os adversários do Brasil na competição

O que não faltou foi emoção do início ao fim no duelo entre os dois primeiros colocados da competição nacional. O tunisiano Ferjani Sassi abriu o placar para os donos da casa, mas o Pyramids conseguiu a virada com o burkinabé Eric Traore e um lindo gol do ex-palmeirense, que bateu de primeira, da entrada da área. Ainda antes do intervalo, o egípcio Mahmoud Alaa deixou tudo igual novamente.

Na segunda etapa, Ferjani Sassi fez mais um para o Zamalek e o placar se manteve inalterado até os 40 minutos, quando o atacante brasileiro cobrou escanteio e a bola sobrou para o sírio Omar Khribin deixar tudo igual novamente e pôr números finais ao duelo.

Leia também: Na zona de rebaixamento na Ligue 1, Thierry Henry é afastado do Mônaco

Com o resultado, o Pyramids segue na vice-liderança, com 39 pontos, três a menos que o Zamalek. O rival, porém, disputou três jogos a menos até aqui. Na próxima rodada, a equipe liderada por Keno visita o El Dakhlia, no dia 4 de fevereiro, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Egípcio .

    Leia tudo sobre: futebol