Tamanho do texto

As seleções se enfrentavam pela fase de grupos do Sul-Americano sub-20 e câmeras do estádio captaram o momento da ofensa. Entenda o caso

Lateral da seleção chilena causa polêmica ao chamar venezuelano de 'morto de fome'
Reprodução
Lateral da seleção chilena causa polêmica ao chamar venezuelano de 'morto de fome'

Na noite deste sábado (19), a partida entre Venezuela e Chile no Sul-Americano sub-20 registrou um momento nada agradável dentro de campo. O lateral da seleção chilena Nicolás Diaz chamou o venezuelano Pablo Bonilla de ‘morto de fome’.

Leia também:  Na Holanda, Ajax inaugura busto e mural imenso de Johan Cruyff em estádio

O momento foi registrado pelas câmeras do estádio El Teniente, no Chile. A atitude do jogador da seleção anfitriã repercutiu nas redes sociais e gerou uma onda de críticas a Diaz.

Assista ao momento abaixo:


Após a partida ele publicou um pedido de desculpas em seu Instagram. O texto do lateral reforça que o que ele disse dentro de campo não reflete o que ele sente de verdade. “Se respondi como respondi, é porque Bonilla me insultou com algo que não vale a pena repercutir quando cai nessa jogada”, escreveu Diaz.

Leia também:  Maradona fala sobre fim de relacionamento: "queria arrancar a cabeça dela"

Ele lamentou as mensagens agressivas que ele e sua família receberam após o jogo . “Espero ver toda a equipe da Venezuela no estádio para saudar-los e resolvermos esse mal entendido. Cometi um erro por coisas que passam no jogo e espero que tudo se resolva”, finalizou.

Leia o texto abaixo:

Visualizar esta foto no Instagram.

Quiero decirle a todos que lo que dije en el partido no lo siento de verdad. Yo y mi familia tenemos muchos amigos venezolanos y respeto muchísimo a toda la gente que ha venido a Chile a trabajar y ganarse la vida de buena forma. Si respondi como respondí, es porque Bonilla me insultó con algo que no vale la pena repetir cuando me caí en esa jugada, y en la calentura del momento son cosas que pasan en la cancha. Espero ver pronto a todo el plantel de Venezuela en el estadio para saludarlos y resolver este mal entendido. Ahora a trabajar para poder seguir peleando por un cupo en el hexagonal. De todas maneras, me da mucha pena todas las amenazas que he recibido, que ha recibido mi familia, mi hermano y mi polola. Cometí un error por cosas que pasan en la cancha y ojalá que pronto se solucione todo 🙏🏻😕

Uma publicação compartilhada por Nicolás Díaz (@nicodiaz.h) em

A Venezuela vive uma forte crise econômica. Com enorme inflação e escassez de comida, estima-se que os venezuelanos perderam 11 quilos em 2018 por causa da fome. O país também vive um intenso êxodo populacional que tem refletido nos países vizinhos.

A seleção da Venezuela sub-20 venceu a partida da noite deste sábado (19) por 2 a 1 com gols de Vargas e Yriarte. Pelo lado chileno, o autor do gol da equipe foi Vergara. Com o triunfo, os venezuelanos assumiram a liderança do Grupo A que tem Bolívia, Brasil, Chile e Colômbia.

Leia também:  De virada, Liverpool vence Crystal Palace por 4 a 3 e segue na liderança

O Brasil está em terceiro lugar no grupo e empatou em 0 a 0 com a Colômbia. Na próxima partida, segunda-feira (21) as 20h30, a seleção verde e amarela encara os venezuelanos para melhorar sua classificação na tabela. O Sul-Americano sub 20 acontece no Chile até o dia 13 de fevereiro e tem 10 equipes divididas em dois grupos que estão tentando o título.

    Leia tudo sobre: Futebol