Tamanho do texto

Jasmine Lennard, que se relacionou com CR7 há dez anos, afirmou que tem informações que poderiam ajudar a americana que o acusou de abuso

Jasmine Lennard traz mais um escândalo a tona sobre a personalidade de Cristiano Ronaldo
reprodução/ infobae
Jasmine Lennard traz mais um escândalo a tona sobre a personalidade de Cristiano Ronaldo

Leslie Mark Stovall, advogado de Kathryn Mayorga, ex-modelo que acusou Cristiano Ronaldo de um estupro em 2009 em Las Vegas, viajou nesta quarta-feira (16) para se encontrar com Jasmine Lennard, ex-namorada do português, que declarou ter provas comprometedoras contra o jogador e gostaria de ajudar a mulher que o acusa.

Leia também: Escândalo sexual, ida para a Juve e Copa do Mundo: o 2018 de Cristiano Ronaldo

Uma representante do escritório de Stovall confirmou o encontro entre as partes para o jornal 'Mundo Deportivo': "Depois de tantas perguntas dos veículos, posso confirmar que Leslie Mark Stovall tem conversado com a senhora Lennard sobre o tema Cristiano Ronaldo . A razão de sua viagem para Londres é se reunir com o advogado Jonathan Coad e sua cliente Jasmine Lennard".

Cristiano Ronaldo é acusado de estupro pela norte-americana Kathryn Mayorga
The Sun/Reprodução
Cristiano Ronaldo é acusado de estupro pela norte-americana Kathryn Mayorga

Recentemente, a modelo inglesa, de 33 anos, e que se relacionou com o jogador há 10 anos, afirmou que CR7 "tem sérios problemas de saúde mental, é um perseguidor e um mentiroso, toda a sua vida é uma mentira”.

Leia também: Cristiano Ronaldo assumirá crimes fiscais cometidos em sua passagem pelo Real

Lennard então postou em suas redes sociais a mensagem que promoveu este encontro com o advogado de Mayorga: "Depois de muita consideração eu me volto para Kathryn Mayorga e sua equipe jurídica para oferecer minha ajuda em suas acusações de estupro contra Cristiano Ronaldo. Entrem em contato comigo ... Eu tenho a informação que eu acho que poderia beneficiá-los no caso”, escreveu a ex-modelo.

Um dia depois das postagens da ex-namorada do jogador, a polícia dos EUA pediu para uma amostra do DNA do atleta da Juventus.

De acordo com o jornal 'Wall Street Journal' , a polícia de Las Vegas teria ordenado a coleta de uma amostra de DNA do jogador para dar continuidade na investigação sobre o estupro contra Mayorga. No mês de outubro foi divulgado que as autoridades policiais teriam perdido as provas que a modelo tinha entregado do caso.

Leia também: Ibrahimovic critica ida de Cristiano Ronaldo para Juventus: "Não é um desafio"

Segundo o site TMZ, o atleta prometeu colaborar com as investigações e afirmou que realizará o exame. A publicação informa que a defesa de Cristiano está disposta a ajudar com "100%" para o caso ser resolvido. O mandado judicial foi enviado para a Itália, onde  Cristiano Ronaldo vive.

    Leia tudo sobre: Futebol