Tamanho do texto

O jogador aceitará uma pena de dois anos de prisão, que deve ser suspensa pela Justiça da Espanha. Em agosto, o jogador pagou R$ 59 mi em multas

Cristiano Ronaldo precisará assumir os delitos perante um juiz em janeiro
Ansa/Divulgação
Cristiano Ronaldo precisará assumir os delitos perante um juiz em janeiro

O atacante Cristiano Ronaldo deve se declarar culpado de quatro delitos fiscais cometidos quando ainda atuava no Real Madrid e aceitará uma pena não efetiva de dois anos de prisão, conforme informou o espanhol 'As'.

Leia também: Cristiano Ronaldo sente falta de Messi? "Talvez ele é que sinta minha falta"

Em agosto deste ano, Cristiano Ronaldo já quitou a multa de 13,4 milhões de euros (cerca de R$ 59 milhões) com a Fazenda da Espanha, mas ainda precisa assumir os crimes perante um tribunal e o fisco espanhol, o que acontecerá no dia 14 de janeiro, segundo a publicação.

O advogado do jogador, José Antonio Choclán, tentará que a pena de dois anos de prisão seja substituída por uma multa de 375 mil euros (aproximadamente R$ 1,6 mi). O pedido ainda não foi aceito pela Justiça espanhola.

Leia também: Ronaldo Fenômeno elogia CR7 e diz qual a principal diferença entre os dois

Outro português na mesma situação é o lateral-esquerdo Fábio Coentrão, que atualmente joga no Rio Ave, de Portugal. O jogador também é representando por José Antonio Choclán e assumiu seus crimes fiscais e multa perante um juiz, em vídeo-conferência.

Visualizar esta foto no Instagram.

O meu novo motorista... 👊🏼😜

Uma publicação compartilhada por Fábio Coentrão (@fabio_coentrao) em

Leia também: Cristiano Ronaldo diz estar tranquilo sobre acusação de estupro contra ex-modelo

O advogado vai tentar que Cristiano Ronaldo também não precise se deslocar até a Espanha . Choclán, que é um ex-magistrado espanhol, disse ao 'As' que a estrela da Juventus prefere ouvir sua sentença à distância, o que depende da aprovação de um juiz.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.