Tamanho do texto

Para o sueco, só seria um desafio se o português tivesse ido para uma equipe da Série B e não para a atual heptacampeã italiana

Sempre polêmico, o sueco Zlatan Ibrahimovic soltou o verbo ao falar sobre a ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus. Em entrevista à revista Voetbal Nieuws, o atacante de 37 anos disse que jogar na atual heptacampeã italiana não é um desafio, como sempre descreveu o português.

Leia também: Em entrevista, Ibrahimovic se compara com 'Super-Homem' e diz ser alienígena

Ibrahimovic e Cristiano Ronaldo já se enfrentaram defendendo suas seleções e também seus clubes
Reprodução
Ibrahimovic e Cristiano Ronaldo já se enfrentaram defendendo suas seleções e também seus clubes

"Cristiano fala sobre novos desafios e chama de desafio ir para um time já montado e que venceu o Campeonato Italiano. Ir para a Juventus não é um desafio. Se queria um desafio, ele deveria ir para a Juventus alguns anos atrás, quando estavam na Série B, para trazê-los de volta para a Série A", afirmou Ibrahimovic .

Vale ressaltar que o sueco jogou na Juventus de 2004 a 2006, ano que a Velha Senhora foi rebaixada por conta de manipulação de resultados, mas deixou o clube antes da disputa da Série B e foi atuar pela Inter de Milão. Quando a Juventus jogou a segunda divisão italiana, o português já estava no Manchester United, aos 21 anos.

Leia também: Aos 37, veterano Zlatan Ibrahimovic é eleito o "novato do ano" na MLS

Esta não é a primeira vez que Ibra provoca Cristiano Ronaldo . Em abril do ano passado, logo após o português marcar um golaço de bicicleta com a camisa do Real Madrid pela Liga dos Campeões, ele desdenhou e disse: " Foi um gol legal , mas ele devia tentar a 40 metros de distância".

Visualizar esta foto no Instagram.

Back to business @lagalaxy

Uma publicação compartilhada por Zlatan Ibrahimović (@iamzlatanibrahimovic) em

A fala se deu por conta do gol que o próprio Ibrahimovic fez, em 2012, com a seleção da Suécia contra a Inglaterra, e que lhe rendeu o Prêmio Puskás de 2013. Na ocasião, ele deu uma acrobacia quase do meio-campo e encobriu o goleiro inglês.

    Leia tudo sobre: futebol