Tamanho do texto

O goleiro revelou que passou por momentos de dificuldade ainda na adolescência e sobre sua maior inspiração, o ex-goleiro Rogério Ceni

Ederson pensou em desistir do futebol por conta de depressão
Reprodução / Instagram
Ederson pensou em desistir do futebol por conta de depressão

Atualmente, Ederson é titular do grande time do Manchester City, presença constante na seleção brasileira e um dos melhores goleiros do mundo, mas as coisas nem sempre foram assim tão boas para ele.

Leia também: Buffon revela que sofreu de depressão na Juventus: "Tudo perdeu o sentido"

Em entrevista para o jornal inglês 'Express', Ederson revelou que sofreu de depressão no início de sua carreira e pensou em largar o esporte.

“Foi uma situação difícil. Tinha apenas 15 anos e passei por momentos muito duros, estive um mês deprimido e pensei em desistir do futebol. Felizmente, os meus pais me apoiaram sempre e me encorajaram a voltar a jogar”, disse o goleiro.

Leia também: Phelps sobre luta contra depressão: "Houve um momento que não queria estar vivo"

Além da sua qualidade em defender a meta de seus clubes, Ederson é conhecido também por sua habilidade com a bola nos pés, e ele revelou qual foi a sua grande inspiração no futebol, que tinha características semelhantes.

“A paixão que tenho pela baliza me fez seguir sempre a carreira do Rogério Ceni, ainda hoje vejo vídeos dele no YouTube em busca de inspiração”, contou o goleiro.

O jogador do Manchester City , atual segundo colocado da Premier League, sete pontos atrás do Liverpool, falou ainda sobre os objetivos do clube na temporada, e admitiu que o grande sonho é a conquista da Champions League.

Leia também: Ídolo do Raptors, DeMar DeRozan fala sobre depressão: "O mundo acima de você"

"É claro que a conquista da Liga dos Campeões seria ótimo, até porque o clube nunca ganhou. Seria a primeira vez e algo que certamente nos faria entrar para a história do clube", disse Ederson.

    Leia tudo sobre: Futebol