Tamanho do texto

Nome do técnico foi cotado no Benfica, mas ele negou a possibilidade: "Neste momento não tenho intenção de trabalhar em Portugal"

A saída do Manchester United não foi tão ruim assim, financeiramente falando, para José Mourinho. De acordo com o jornal Daily Mail , o maior campeão inglês pagou 16,6 milhões de euros (cerca de R$ 70,5 milhões) e agora o técnico está livre para assinar com qualquer clube.

Leia também: Irmão de Pogba fala sobre desempenho do meio-campista: "O problema era Mourinho"

José Mourinho recebe rescisão R$ 70 milhões do Manchester United e fica livre para fechar com outro clube
Divulgação
José Mourinho recebe rescisão R$ 70 milhões do Manchester United e fica livre para fechar com outro clube

O valor milionário da rescisão era a única coisa que faltava para José Mourinho poder ser contratado. Se o caso fosse parar na Justiça inglesa, o português não poderia trabalhar em nenhum clube até o caso ser resolvido.

"Ele pode aceitar um trabalho já, mas não tem pressa. Está descontraído e não tem problema em esperar até ao final da temporada, se for preciso", disse uma fonte ao jornal inglês.

Livre no mercado, o nome do técnico de 55 anos já é citado nos bastidores do Real Madrid , que chegou a sondá-lo após a saída de Julen Lopetegui. Naquela época, o "The Special One" não quis negociar, pois ainda treinava os Diabos Vermelhos.

Além dos Merengues, que hoje são comandados por Santiago Solari, o Benfica, onde ele iniciou sua carreira, também se interessou pelo treinador . Lá, ele sucederia Bruno Lage, mas nesta quinta-feira a imprensa portuguesa noticiou que Mou não quer voltar para Portugal no momento.

"A melhor maneira de respeitar um grande clube e um grande presidente, que demonstrou sempre nos anos em que nos conhecemos ser verdadeiramente amigo, é dizer qualquer coisa. E isso é dizer que não fui convidado”, afirmou o técnico sobre um possível desejo das Águias em entrevista à CMTV.

“Se fosse convidado, obviamente que o presidente e o Benfica seriam os primeiros a saberem a minha decisão, mas ajudando um pouco a encerrar sse assunto, acho que posso dizer que neste momento não tenho intenção de trabalhar em Portugal e que o melhor para o presidente e para o Benfica é terem essa tranquilidade para apoiarem o Bruno [Lage] e pensarem no futuro de forma tranquila. Hoje não, neste momento estou bem como estou e nada mais do que isso”, acrescentou.

Leia também: Guardiola defende Mourinho após demissão: "Como técnicos, estamos sozinhos"

José Mourinho foi demitido do Manchester United no meio do último mês de dezembro, deixando o clube na sexta posição do Campeonato Inglês e muito atrás dos líderes. Depois de sua saída, os Diabos Vermelhos contrataram Ole Gunnar Solskjaer e não perderam ainda.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.