Tamanho do texto

Com início avassalador à frente do comando dos Diabos Vermelhos, Solskjaer igualou recorde de mais de 70 anos e recuperou boa fase da equipe

O Manchester United emplacou a quarta vitória consecutiva nesta quarta-feira ao vencer o Newcastle por 2 a 0 e todos sob o comando do técnico Ole Gunnar Solskjaer, que substituiu José Mourinho e igualou o feito realizado por Matt Busby, há 73 anos.

Leia também: Son lamenta ausência no Tottenham para defender seleção: "às vezes é triste"

Técnico interino do Manchester United, Ole Gunnar Solskaer já admite o desejo de permanecer no clube
Divulgação/ManchesterUnited
Técnico interino do Manchester United, Ole Gunnar Solskaer já admite o desejo de permanecer no clube

Contratado de forma temporária somente até o fim desta temporada, o ex-jogador do Manchester United já assume que o desejo é continuar como técnico dos Diabos Vermelhos, ainda mais após o início avassalador, mas reitera que o melhor é pensar jogo a jogo.

"Eu não quero ir embora, claro que não quero. É um grupo ótimo de jogadores, uma atmosfera fantástica, mas é sempre o próximo jogo. Vou continuar fazendo meu trabalhando enquanto estiver aqui", disse, após a quarta vitória desde que chegou a Old Trafford.

Leia também: Chelsea contrata americano do Borussia Dortmund por R$ 285 milhões

Solskjaer falou também sobre o fato de igualar o recorde do falecido Busby, que aconteceu em 1946, além de lembrar dos ensinamentos do seu mentor, o lendário Sir Alex Ferguson.

"Isso entrará para a história, mas não é algo em que eu esteja pensando. Só estou pensando no próximo jogo, porque se você vencer quatro, pode vencer outros quatro neste clube. Este é o desafio e é o padrão pelo qual somos conhecidos", ponderou.

"O mestre [Ferguson] costumava nos desafiar a cumpri-los, e é claro que, se você venceu quatro, pode ir para os quatro próximos e pensar neles", acrescentou o atual treinador do Manchester United .

Por fim, o norueguês elogiou a boa sequência de Rashford, que marcou um gol e bateu a falta que originou o gol de Lukaku na vitória desta quarta. Para ele, o futuro do jovem de 21 anos é brilhante.

Leia também: Cristiano Ronaldo foi oferecido, mas Napoli recusou, afirma dirigente do clube

"Ele foi calmo, com boa postura e passou pelo goleiro, mas está ficando ótimo nas cobranças de falta. Ele deve estar assistindo o Cristiano Ronaldo enquanto pratica. Marcus vai ser um grande camisa nove, com certeza", finalizou o técnico de 45 anos.

    Leia tudo sobre: futebol