Tamanho do texto

O goleiro de 40 anos disse em entrevista que a atuação dos dois jogadores foi importante em sua decisão de se mudar da Itália para a França

Neymar e Mbappé são companheiros de Buffon no PSG
PSG/SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Neymar e Mbappé são companheiros de Buffon no PSG

O Paris Saint-Germain é uma potência na França e a dupla Neymar e Mbappé é considerada uma das melhores da Europa. Pelas atuações de ambos, o goleiro da equipe, Gianluigi Buffon, comentou em entrevista que eles podem ser os sucessores de Cristiano Ronaldo e Messi no futebol internacional.

Leia também:  Cristiano Ronaldo foi oferecido ao Napoli, mas clube rejeitou, afirma dirigente

No programa de televisão do ex-jogador Alain Boghossian, do canal Eurosport, Buffon comentou que a dupla foi responsável por sua transferência da Juventus e exaltou Mbappé.

"Eles são um dos motivos que me levaram a vir para o PSG. O Kylian já o conhecemos todos, tem vinte anos e tem o mundo nas mãos. Se ele decidir que é capaz de ganhar cinco Bolas de Ouro nos próximos dez anos, ele vai consegui-lo. Tudo depende dele”.

Mbappé apareceu para o mundo na temporada 2016 quando ainda defendia o Monaco. Na temporada seguinte se transferiu para o Paris Saint-Germain e em 2018 foi campeão mundial com a seleção da França, vencendo inclusive o prêmio de melhor jovem do Mundial.

Na votação da Bola de Ouro de 2018, o jovem francês ficou em quarto lugar, mas levou o Troféu Kopa, entregue para o melhor jogador do mundo com menos de 21 anos.

Leia também:  Klopp elogia City e quer Liverpool com 'raiva' para vencer o duelo dessa quinta

A respeito do capitão da seleção brasileira, Buffon admitiu que o talento de Neymar é algo incomum “Ele tem uma técnica, um talento, uma classe que eu provavelmente nunca tinha visto”.

O goleiro ainda revelou que dá conselhos à Neymar. “Falo muitas vezes com ele e digo: ‘tem 26 anos e ainda não ganhou uma Bola de Ouro . Já deveria ter ganhado, mesmo com Messi e Cristiano Ronaldo. Não tem que esperar que eles acabem, é tão forte como eles. Nos próximos cinco anos tem que ganhar três. Três para você e duas para Kylian’. Têm capacidade para isso”, destacou o goleiro.

Apesar dos elogios de Buffon, Neymar teve seu pior desempenho em 2018 em termos de premiações. Na votação para Bola de Ouro, em dezembro, o brasileiro ficou em 12º lugar. A melhor colocação dele tinha sido em 2015, quando foi o terceiro melhor do mundo.

Leia também:  Chelsea contrata norte-americano do Borussia Dortmund por R$ 285 milhões

Para muitos especialistas e jogadores como Buffon , a dupla do PSG tem tudo para crescer e conquistar prêmios individuais na próxima temporada. Considerando que consigam ser campeões da Liga dos Campeões, a maior obsessão da equipe.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.