Tamanho do texto

Zagueiro de 35 anos tinha um dos vencimentos mais altos do clube turco, que não estava conseguindo cumprir com seus compromissos mensais

O zagueiro luso-brasileiro Pepe não jogará mais no Besiktas. De acordo com o jornal espanhol Marca, a crise financeira que atinge o clube turco causou a rescisão de contrato do defensor. Antes de sair, no entanto, ele pagou o salário de funcionários do clube.

Leia também: Copa de 2022 terá lugares específicos para consumo de bebidas alcoólicas

O zagueiro Pepe estava no Besiktas desde a temporada 2017
Divulgação
O zagueiro Pepe estava no Besiktas desde a temporada 2017

A publicação diz que Pepe decidiu quitar os vencimentos atrasados de funcionários como cozinheiros e cortadores de grana como um de seus últimos atos no Besiktas . Seu contrato iria até junho de 2019, mas, por ter salário muito alto, o clube turco não iria conseguir honrar com seus compromissos.

Leia também: Modric critica ausência de Messi e CR7 em premiação da Bola de Ouro: "Injusto"

Desta forma, o zagueiro de 35 anos iniciará o próximo ano disponível no mercado para assinar com qualquer agremiação. O jornal português A Bola informa neste domingo que o Al Gharafa, do Catar, e o Al Ittihad, da Arábia Saudita, são os prováveis destinos do defensor.

Leia também: Brasileiro do RB Salzburg celebra invencibilidade e recorde na Europa

Visualizar esta foto no Instagram.

Let’s do it @besiktas 💪 #Pepe5 #P3PE #NoBadDays

Uma publicação compartilhada por Pepe (@official_pepe) em

Natural de Maceió, Pepe se naturalizou português enquanto atuava pelo Porto e disputou três Copas do Mundo com a seleção de Portugal. Ele jogou ainda no Marítimo, também luso, Real Madrid, por dez temporadas e muitos títulos importantes, e estava no Besiktas desde 2017. Na atual temporada, entrou em campo 17 vezes e marcou cinco gols.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.