Tamanho do texto

Torcedores que forem ao Catar para acompanhar o próximo Mundial não poderão ingerir bebidas alcoólicas onde quiserem, anunciou secretário-geral

O secretário-geral do comitê organizador da Copa de 2022, Hassan al Zawadi, anunciou neste sábado que os torcedores que forem ao Catar para assistir ao Mundial não poderão consumir bebidas alcoólicas em público, e sim em lugares especiais.

Leia também: Presidente da Fifa admite que Copa do Mundo do Catar pode ter 48 seleções

Autoridades do Catar e organizadores da Copa de 2022 durante cerimônia de apresentação do estádio palco da abertura e final
Divulgação/roadto2022
Autoridades do Catar e organizadores da Copa de 2022 durante cerimônia de apresentação do estádio palco da abertura e final

"Vamos ter lojas particulares para beber álcool", afirmou Zawadi durante entrevista coletiva depois do evento onde foi apresentado o projeto de desenho do Losail Iconic Stadium, sede da abertura e também final da Copa de 2022 .

A venda de álcool no Catar , país islâmico e conservador, é permitida apenas aos estrangeiros não muçulmanos, que precisam apresentar uma permissão emitida pelo governo em lojas específicas para comprar bebidas alcoólicas.

Apresentação do estádio palco da abertura e final da Copa de 2022

O projeto do Losail Iconic Stadium, palco da abertura e final da Copa de 2022 foi apresentado
Divulgação/roadto2022
O projeto do Losail Iconic Stadium, palco da abertura e final da Copa de 2022 foi apresentado

O Losail Iconic Stadium terá espaço para 80 mil pessoas e foi apresentado ao mundo em cerimônia presidida pelo emir catariano, Tamin bin Hamad al Zani, e também por Zawadi, no local das obras.

Leia também: Operário nepalês morre em obra da Copa do Mundo de 2022 no Catar

"Quando o Catar venceu a candidatura para a organização do Mundial de futebol de 2022, quisemos traduzir o espírito catariano ao futebol. Será uma oportunidade para o mundo árabe para se unir em um Mundial que reflita a realidade da nossa região e nos leve pelo bom caminho", declarou Zawadi.

O estúdio de arquitetura de Norman Foster foi responsável por desenhar o estádio e se baseou nos arabescos dos fanar. O palco da abertura e final do Mundial deve ficar pronto em 2020 e está sendo feito juntamente com a própria cidade de Losail , que ficará a 15 quilômetros de Doha e deverá ter 270 mil habitantes.

"O Catar está preparado porque estamos há muitos anos trabalhando para fazer este evento histórico, para fazer história. Hoje, se viu que estão muito preparados porque há outro estádio que vai ser erguido, e acredito que todo mundo vai se surpreender com o Catar, a sua organização, os estádios e o país em geral", ponderou o meia Xavi Hernández, embaixador da Copa de 2022 .

    Leia tudo sobre: futebol