Tamanho do texto

Brasileiro fez o gol de empate contra o Barcelona que garantiu o time inglês na próxima fase da Liga dos Campeões: "Noite fantástica e muito especial"

O brasileiro Lucas Moura avaliou o gol de empate do Tottenham contra o Barcelona, marcado aos 39 do segundo tempo e que garantiu o time inglês nas oitavas de final da Liga dos Campeões, como o mais importante já feito desde que chegou à Europa. A derrota faria os Spurs ficarem atrás da Inter de Milão, que empatou em casa com o PSV e acabou na terceira colocação.

Leia também: Vídeo em que torcedor narra gol de Salah para amigo cego emociona internet

Lucas Moura comemora com seus companheiros o gol do Tottenham diante do Barcelona que garantiu o time inglês nas oitavas de final da Liga dos Campeões
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Lucas Moura comemora com seus companheiros o gol do Tottenham diante do Barcelona que garantiu o time inglês nas oitavas de final da Liga dos Campeões

"Sem dúvida foi o gol de maior peso desde que cheguei na Europa. Contra o Barcelona no Camp Nou, pela Liga dos Campeões e dando a classificação para o time. Foi um noite fantástica, muito especial, que com certeza ficará guardada no coração e memória", afirmou Lucas Moura .

O Barcelona saiu na frente do placar com gol de Dembélé ainda no primeiro tempo e o resultado deixava o Tottenham na terceira colocação do Grupo B, atrás do clube catalão, que jogava com meio time reserva, e da Inter de Milão, que já empatava por 1 a 1 com o PSV no San Siro.

Leia também: UEFA planeja jogos da Champions League aos finais de semana para atrair chineses

A equipe inglesa, então, comandada pelo técnico Maurício Pochettino, foi ao ataque no segundo tempo em busca do empate que a garantiria nas oitavas. Lucas entrou aos 25 minutos da etapa final e, antes de marcar, ainda desperdiçou duas boas oportunidades.

"Fizemos um bom segundo tempo e tivemos chances de marcar. Foi um resultado merecido. Encontramos um grupo difícil pela frente, não começamos muito bem, mas mostramos que somos fortes e podemos ir em frente. Eu acredito muito nos meus companheiros de equipe", ponderou.

O brasileiro ainda comemorou o tento nas redes sociais, lembrando da dolorosa eliminação do seu ex-clube, o PSG, para o Barcelona, após vencer a ida por 4 a 0 e perder a volta por 6 a 1, justamente no Camp Nou.

Leia também: Iker Casillas é segundo jogador a alcançar a 100ª vitória na Liga dos Campeões

Lucas Moura continuará com chances de brilhar na Liga dos Campeões a partir de fevereiro de 2019, quando acontecerão as partidas de ida e volta das oitavas de final.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.