Tamanho do texto

"O que eu mais queria era que chegasse a noite para tomar um comprimido e poder descansar", revelou o meia espanhol que atua no Japão

Meia espanhol Andrés Iniesta chora ao anunciar sua saída do Barcelona
Reprodução / AS
Meia espanhol Andrés Iniesta chora ao anunciar sua saída do Barcelona

Recentemente, o meio-campista espanhol Andres Iniesta revelou ao jornalista Jesús Calleja, da emissora de TV espanhola "Cuatro", que sofreu de uma forte crise de depressão antes e depois da Copa do Mundo de 2010.

Leia também: Iniesta revela depressão após conquista da Copa do Mundo: "Me sentia vazio"

Agora, Iniesta , um dos maiores ídolos da história do Barcelona e da seleção do seu país, deu mais detalhes sobre o seu problema em entrevista à rádio "La Sexta". 

Segundo o atleta de 34 anos de idade, tudo começou no fim da temporada 2008/09, quando ele conquistou pelo  Barcelona a famosa tríplice coroa: Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Liga dos Campeões. 

Leia também: Técnico da Inglaterra grava reality show americano de sobrevivência na selva

"As pessoas movem-se pelo sonho, e em uma situação como aquela você não tem nada, não sente as coisas. O que eu mais queria era que chegasse a noite para tomar um comprimido e poder descansar", revelou o jogador à rádio.

"Quando se sofre de depressão, você não é mais você. Quando se está tão vulnerável, é difícil controlar momentos da vida", acrescentou o craque espanhol.

Andrés Iniesta sendo apresentado como reforço do Vissel Kobe, do Japão
Reprodução/Twitter/J_League
Andrés Iniesta sendo apresentado como reforço do Vissel Kobe, do Japão

O jogador ainda revelou que passou por um tratamento com uma psicóloga e que o drama coincidiu com a morte de um grande amigo, Daniel Jarque. Em agosto de 2009, o zagueiro sofreu uma parada cardíaca em um quarto de hotel em Florença, na Itália, durante a pré-temporada de sua equipe, o Espanyol.

Atualmente, Iniesta defende o Vissel Kobe , do Japão, e marcou dois gols em 13 partidas até o momento. O ex-jogador do Barça atua ao lado do atacante alemão Lukas Podolski, e sua equipe está na 11ª posição no Campeonato Japonês.

Leia também: Aos 37, veterano Zlatan Ibrahimovic é eleito o "novato do ano" na MLS

Sobre sua ida ao futebol asiático, Iniesta revelou que gostaria de atuar a carreira inteira pelo Barcelona, mas que não sentia que conseguiria dar 100% de si na equipe catalã, por isso resolveu se aventurar nos campos japoneses.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.