Tamanho do texto

Após adiamento por conta da chuva, Boca e River fizeram uma grande partida no primeiro duelo da final mais esperada da história do clássico

Boca Juniors e River Plate empataram no primeiro jogo da final da Libertadores
Reprodução / Boca Juniors
Boca Juniors e River Plate empataram no primeiro jogo da final da Libertadores

Boca Juniors e River Plate  empataram em 2 a 2 na primeira partida da grande final da Libertadores neste domingo (11), na Bombonera.

Leia também: Jogador do Zenit é acusado de forçar expulsão para ver final da Libertadores

O jogo era pra ter acontecido no sábado (10), mas uma forte chuva atingiu a cidade de Buenos Aires, alagando o estádio do Boca, e obrigando a Conmebol a adiar a final da libertadores para o dia seguinte.

A bola finalmente rolu na Bombonera, e o primeiro tempo da partida foi bastante agitado, com as duas equipes criando oportunidades e brigando por cada bola, como era esperado pela grande rivalidade entre as duas equipes.

Aos 25, o Boca perdeu o atacante Pavón, também da seleção argentina, por lesão muscular. Benedetto, que marcou três gols em cima do Palmeiras nas semifinais entrou no lugar dele.

O placar foi aberto ao 33 minutos, após bela troca de passes, Ábila, ex-Cruzeiro, recebeu dentro da área, limpou e bateu forte, obrigando Armani a rebater. No rebote, o centroavante acertou outra pancada, sem chances para o goleiro do River.

Leia também: Buffon irá torcer pelo Boca Juniors na final da Libertadores. Saiba o motivo

O empate dos visitantes não demorou a sair, aos 35, oito segundos após dar a saída, Pity Martinez lançou a bola para Lucas Pratto, que aproveitou o espaço dado pela zaga do Boca Juniors e mandou a bola pras redes. 

A partida continuou equilibrada, e com 45 minutos, já no final da primeira etapa, a estrela de Benedetto brilhou novamente. Após cruzamento de Villa, o atacante desviou de cabeça, matando Armani e colocando o Boca na frente do placar.

Até o holandês Van Persie se rendeu ao excelente primeiro tempo entre Boca e River pela grande final da libertadores.

E o segundo tempo não foi diferente, as duas equipes voltaram querendo o jogo, e aos 15 minutos, o zagueiro Isquierdoz do Boca desviou uma falta contra a própria meta, empatando o clássico em 2 a 2.

Após o gol, as equipes ficaram mais cautelosas, e a partida mais brigada. Aos 44, Benedetto recebeu de Tévez, ficou sozinho contra Armani, mas não conseguiu dar a vitória ao Boca e o clássico terminou empatado.

Leia também: Presidente russo Vladimir Putin deve marcar presença na final da Libertadores

O jogo de volta da grande  final da Libertadores  está marcado para o dia 24 de novembro, um sábado, no Monumental. Detalhe importante: não há o critério do gol fora de casa na decisão.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.